Juíza Ana Lúcia Graça Lima Aiello, da Vara da Fazenda Pública, manda fazer perícia para confrontar diferença entre o valor da escritura (R$ 2,170 milhões em 2020) e o decretado pela Prefeitura (R$ 6,279 milhões) pelo imóvel da ex-escola Damásio comprado na Zona Sul; E nesta tarde de terça CP define se continua ou não julgamento contra Suéllen por compras da Educação

Facebook
WhatsApp
LinkedIn
Rolar para cima