COLUNA CANDEEIRO 25092020 NELSON ITABERÁ

01/10 Pesquisa sai em 5 de outubro e TCE suspende editais da Prefeitura

Facebook
WhatsApp
LinkedIn

01/10/2020 PESQUISA ELEITORAL É PARA 5 DE OUTUBRO…. TRIBUNAL DE CONTAS SUSPENDE EDITAIS DA PREFEITURA 

PESQUISA ELEITORAL

A primeira pesquisa eleitoral registrada no Judiciário referente a indicações de votos em Bauru tem definição de divulgação estabelecida para 5 de outubro. É o que a Real Time Big Data Gestão de Dados Ltda informa na papelada que enviou à Justiça Eleitoral. O registro, com detalhamento do método amostral, datas, informações da empresa, estatístico responsável, etc… Tudo isso é obrigatório. Se a amostragem for utilizada para divulgação, os dados terão de ser disponibilizados também à Justiça, assim como a informação de quem contratou a consulta.

Estas informações são essenciais para o acompanhamento do pleito e a garantia da própria empresas prestadora do serviço. Imagina se não for assim, um (a) candidato (a) “bem relacionado” pede para um “amigo” (a) do meio empresarial e o sujeito contrata uma empresa para fazer o levantamento…

A pesquisa com registro eleitoral informa que vai colher a opinião popular entre 650 bauruenses, apontando margem de erro de 3,82%. Divisão de percentuais por sexo, moradia, faixa de renda, escolaridade e outros estão presentes na fórmula para se atingir esses índices.

Pelo conteúdo do questionário, a consulta traz indicativos de que, se não foi encomendada especificamente por interessado, ela pode ser comercializada pela empresa por mais de uma via, hipótese comum em período eleitoral.

QUESTIONÁRIO DA PESQUISA  

A consulta da Real Time não traz o questionário com a chamada PESQUISA ESPONTÂNEA, onde o coletor da opinião popular não oferece lista de candidatos ao pesquisado para ele escolher. A opção foi perguntar: 1) Entre os nomes abaixo, em quem você votaria? Ai aparecem, claro, os que estão na disputa. A segunda questão é em quem você não vota? Este item, para quem não sabe, dá noção da REJEIÇÃO em torno dos candidatos (as). A pergunta 3 pede para avaliar o governo Gazzetta. E a 4 pergunta se o entrevistado aprova ou desaprova o governo local. O mesmo é perguntado em relação ao governador João Dória e o presidente Bolsonaro. 

PITACOS ELEITORAIS

A amostragem eleitoral pode ajudar a impulsionar o ritmo da campanha. Nesses primeiros dias, muitos candidatos (as) estão “pisando em ovos”. Os que acham que seus perfis rendem mais em contatos (o chamado corpo a corpo) estão com medo tanto da pandemia, quanto da eventual ação gerar aglomeração e a cartada sair pela culatra, sendo rejeitada pela população. De qualquer forma, seja qual for o RETRATO DO MOMENTO da consulta eleitoral, a tendência é que pouco mais da METADE DO ELEITORADO NÃO TENHA CANDIDATO. O que seria absolutamente normal para a situação atual. A julgar pelo termômetro de “orelhada”, conversando aqui e acolá, o que a consulta deve trazer é Raul em vantagem e os demais candidatos dividindo percentuais bem menores de possível intenção de voto… Ou seja: o dado servirá para por um pouco de lenha na campanha, mas fica nisso. Não deixa de ser interessante como pontapé. Mas no dia seguinte, a consulta será igual edição de ontem de noticiário…

BOLSONARO NA ETE

Não tem nada definido. Mas o vice-prefeito Toninho Gimenes disse que o deputado federal Capitão Augusto está tentando trazer o presidente Bolsonaro a Bauru. A tentativa é para agenda neste mês de outubro. Segundo Gimenes, a conversação em Brasília visa aproveitar vontade do presidente em visitar o Interior Paulista. Na agenda, tentam incluir Bauru. Para tanto, a alternativa proposta seria para ver as obras da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE), no Distrito Industrial, já que ela conta com repasse de recursos federais aprovado desde o governo Dilma. Mas não há nada definido. A questão é por ora conversa de bastidor.

ALDIR BLANC

A Secretaria Municipal de Cultura publica nesta quinta-feira a formação do grupo de trabalho formado para avaliar os editais para Espaços Culturais e Apresentações Artísticas da Lei Aldir Blanc, em Bauru. Há recursos federais para as duas frentes. Como já divulgado, os artistas, produtores e representantes de diferentes linguagens que receberão o auxílio emergencial cultura (a ser repassado pelo governo do Estado) podem participar dos editais.

VOTAÇÃO ELETRÔNICA DA FUNPREV

A Fundação de Previdência (Funprev) de Bauru está tendo dor de cabeça para levar adiante a inusitada contratação de empresa ESPECIALIZADA para realizar a VOTAÇÃO ELETRÔNICA para escolha dos conselheiros (Curador e Fiscal). A fundação em sua pesquisa prévia de preços estimou o custo referencial de R$ 36.044,00 para o SERVIÇO ESPECIALIZADO. Apareceram duas propostas. Uma de R$ 35 mil e outra por R$ 7 mil. 

Agora a presidência da fundação tem pela frente a responsabilidade em decidir sobre a contratação, ou não, levando-se em conta questões administrativas e jurídicas. Entre os abacaxis para a Funprev descascar estão: a) como fica a previsão de proposta inexequível para o menor preço ofertado, cuja proposta é apenas 19% da previsão de despesa realizada pela Funprev? b) qual garantia terão os servidores (com o serviço pretendido) em relação a auditoria eletrônica do serviço a ser prestado? A empresa Thomas Greg X Sons, uma das participantes, registrou pedidos de esclarecimento quanto a locais de votação, número de computadores, sistema a ser disponibilizado… Outro questionamento indaga sobre a mágica entre a despesa ofertada e o que poderá ser prestado em um processo tão importante. Em todo o País, os eleitores estão convocados para votar, sob condições de distanciamento e higiene, pelo meio já consolidado. A Funprev vai arriscar?

ESQUECERAM DOS R$ 2 MILHÕES?

A venda da folha de pagamento da Prefeitura (que rendeu R$ 55 milhões) tem uma pendência antiga… A venda foi no final do ano passado! Já é primavera, outubro, mas a Funprev ainda não cobrou no Judiciário os R$ 2 milhões que alega ter direito a receber da Prefeitura….

REGRINHAS QUE NÃO PASSAM NO TCE

A Prefeitura de Bauru (e todas do País) não divulga. Mas o CONTRAPONTO apura e informa: o Tribunal de Contas do Estado (TCE) suspendeu, recentemente, duas licitações em Bauru. O curioso é que as representações, entre outros pontos, traz detalhes tão marcantes que vale a pena contar. Um edital de contratação de iluminação pública foi suspenso porque, entre as exigências, estava que a empresa deveria comprovar expertise para INSTALAR POSTE A ALTURA SUPERIOR A 15 METROS…. (vixeeeeeeeeeeeee!) (sic!) Em outro edital, de compra de pneus, câmara de ar, pelo sistema Pregão Eletrônico (para formar registro de preço e quando a Prefeitura precisar recorrer ao processo) veio que, entre outras coisinhas, era necessário apresentar um documento de que o PNEU TEM GARANTIA DE 5 ANOS….

PREFEITURA LIMPA 1% DAS BOCAS DE LOBO!

Não assuste! É isso mesmo! A Secretaria de Obras apresentou em audiência pública que foram LIMPAS 281 BOCAS DE LOBO. O relatório é do segundo quadrimestre deste ano. Segundo o último levantamento do Plano Municipal que inclui dados desse equipamento, em 2017, Bauru tinha 29.700 unidades. Ora! Conta simples! Então, a performance de limpeza atingiu 1% das bocas de lobo! Não seja rigoroso a ponto de corrigir o CONTRAPONTO para dizer que é menos de (1) por cento… (sic!)…   

Em tempo: sem pessoal, não é possível realizar serviços permanentes, essenciais, como este. Logo, desde o início da pandemia, a Secretaria de Obras deixou de contar com os reeducandos. Já escrevemos reportagem contando que SERVIÇOS ESSENCIAIS DE LIMPEZA PÚBLICA EM BAURU DEPENDEM DOS REEDUCANDOS, seja na Emdurb, Sear ou Obras. O prefeito está contratando 150 trabalhadores por 90 dias, por processo simplificado. LIMPEZA sempre foi serviço permanente e essencial.

Agora, na BOCA DA ELEIÇÃO, A BOCA DE LOBO VIROU PRIORIDADE. E O LOBO QUE SEGURE A URNA EM SUA BOCA…   

6 comentários em “01/10 Pesquisa sai em 5 de outubro e TCE suspende editais da Prefeitura”

  1. Parabéns pelo trabalho e apuração. Caro Nelson, continua sendo o profissional investigativo necessário a bem informar, com a conhecida competência.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Rolar para cima