COLUNA CANDEEIRO 25092020 NELSON ITABERÁ

02/10 Boletins de 30 acidentes de trânsito da frota da Prefeitura na “gaveta”

Facebook
WhatsApp
LinkedIn

02/10/2020 ACHAMOS 30 ACIDENTES DE TRÂNSITO NA PREFEITURA “ESCONDIDOS” NA GAVETA… E MAIS: FRAUDES NO CONSERTO DA FROTA, DENÚNCIA DO PROCURADOR AFASTADO… CASOS GRAVES NA CORREGEDORIA

ALÔ, ALÔ CORREGEDORIA DA PREFEITURA

Hoje o resumo em VÍDEO de informações aqui da coluna está lá no pé da página! (link). Vai que a gente consegue atrair sua atenção para ler as notas… (rs)… 

….

A Corregedoria da Prefeitura de Bauru está tendo de “se virar” diante da pandemia. O mesmo aconteceu com Promotoria, Judiciário. Na Prefeitura, os prejuízos ao andamento dos processos vieram sob mais de uma via. De março a julho, como em outras cidades, os depoimentos ficaram suspensos. E o “estoque” de processos se acumulou. Não fosse isso, o Corregedor que preside os casos pegou Covid-19. Um dado: o número de sindicâncias aumentou durante a pandemia, não em função da doença, mas pelo represamento de fatos. É só acompanhar o Diário Oficial de Bauru (DOB) que os extratos estão lá.

CASOS GRAVES

Uma vasculhada no Diário Oficial, combinado com garimpagem no arquivo do CONTRAPONTO , ajuda a lembrar de fatos relevantes em apuração na Corregedoria, alguns há mais de ano. E algumas das denúncias com notícia de gravidade foram levantadas pela própria administração. É o caso envolvendo o procurador Jurídico, Ricardo Chamma, afastado da função por decisão judicial. Outro fato de grande repercussão é o que traz DUAS DENÚNCIAS da própria SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE , também de “mais de ano”, com fraude em conserto da frota. 

No mesmo patamar, está o caso do SUMIÇO DE ARQUIVOS DE PROJETOS, DADOS E DOCUMENTOS DE VÁRIAS SECRETARIAS, SOBRETUDO DA SEPLAN E OBRAS. A Coordenadoria de Tecnologia de Informação da Prefeitura já conclui o relatório, encaminhou para o Jurídico para revogação do contrato com a empresa (por considerar que o serviço não foi realizado)…. Aqui há um confronto crucial para o desfecho: foram recuperados dados (se todos não se sabe). Mas não no formato solicitado no contrato. E agora?

15000 MIL ARQUIVOS

Internamente, a Prefeitura está tocando o barco como pode para recuperar informações. Conforme o coordenador de TI da Prefeitura, Davi Françoso, a equipe interna desenvolveu protocolo de identificação e recuperação dos dados a partir das informações compactadas recuperadas, em parte ou não, pela empresa que deixou o  contrato. A Prefeitura não pagou pelo serviço, porque o objeto envolvia recuperar, “desentranhar” e entregar pronta a informação, no formato adequado, posiciona o coordenador A identificação a partir de uma massa genérica, conta Françoso, é lenta. Mas, segundo ele, o serviço está caminhando. “Mais de 15.000 arquivos a equipe da TI já conseguiu identificar e encaminhar para a Seplan e Obras. Estamos priorizando os arquivos DWG, AutoCad”, informa. Ou seja, os arquivos com projetos estão na entrada da fila.

BACKUP DIÁRIO E CURIOSIDADE

Parece incrível, mas a Prefeitura de Bauru não realizava, até então, backup diário de todas as informações. Alguns setores realizavam a operação. A TI investiu na atualização dos dados e, como já noticiado pelo CONTRAPONTO, optou pelo serviço de locação tanto dos equipamentos quanto dos programas, ou seja, hardwares e softwares. A administração paga R$% 50 mil mensais para esse serviço. Não há necessidade de investir em substituição de equipamentos e programas no Datacenter. A empresa contratada é que disponibiliza. O backup está no prédio da Secretaria de Educação, na “subida” da Duque de Caxias. Davi Françoso conta que a opção veio, para inúmeras empresas, do episódio de 11 de setembro, nos EUA, quando as torres gêmeas do WTC vieram ao chão no atentado

30 ACIDENTES DE TRÂNSITO NA GAVETA

As gavetas das repartições públicas podem contar estórias e histórias que dão livro!

Lembra da denúncia pela Secretaria Municipal de Saúde de que oficinas credenciadas não realizavam serviços? (citada acima). O episódio parece “macuco no embornal”. É que ao “fuçar” esta denúncia se descobriu que alguém “guardava” boletins de ocorrência de acidentes de trânsito envolvendo a frota. A lei municipal exige que cada fato seja relatado à Corregedoria para apuração. Acharam 30 que aconteceram, mas não foram “relatados”. Quem ocupava a chefia do setor não está mais na cadeira, mas vai responder. Seria desídia, ou um erro comum em gestão pública onde “a proximidade faz alguém relaxar, ou proteger ‘amigos’… dependendo do fato?

Tem caso de motorista que ressarciu o conserto, com nota e tudo mais. Tem ocorrência que a culpa foi assumida por munícipe, que pagou o estrago no veículo público. Mas tem inúmeros acidentes onde a eventual culpa de servidor tinha de ter sido apurada. Bom! Esses casos acabaram saindo da gaveta e agora estão sob apuração…

CAMPANHA CURTA E ATRASADA

Há alguns motivos práticos, operacionais para a campanha eleitoral ainda não estar sendo “vista” nas ruas. Primeiro porque entre os mais de 400 candidatos à vereança há inúmeros (as) novatos (as). Muita gente que aceitou participar, mas sem conhecimento básico em preparação de papelada e material. Ocorre que, com a campanha em período curto até 15 de novembro,  o “trem” vai sair da estação ainda mais atrasado para muitos.

Outro problema é que esta é a primeira eleição com FUNDO PARTIDÁRIO. Mas o acesso à grana passa por uma bateria burocrática instituída pela Justiça Eleitoral. E partidos e candidatos (as) não estavam preparados para arrumar tanto documento em pouco tempo. Vai ter serviço de gráfica e impressão de adesivos que vai ficar abarrotado. A fila já está concentrada. E não há tempo a perder. Mas, para muitos, a campanha, de fato, só vai sair da imagem em folder pelas redes sociais a partir da próxima semana. Quem não tem cacique pra bancar adiantamento para algum serviço está tendo de esperar pingar a grana do fundo partidário. Além da disputa pelo “rateio”, os bancos estão demorando para abrir a conta oficial do candidato. Também não se prepararam. Ai já viu…

ANUNCIAÇÃO    

A expressão já foi utilizada aqui na coluna para designar a “estratégia” do governo Gazzetta de lançar ações ou projetos que ainda virão no futuro e, ainda assim, se houver recurso, se houver projeto… Agora a “anunciação” foi nos Distritos Industriais. Projetar a divisão futura de lotes em uma determinada área útil é fácil. Aula básica do início da graduação de urbanismo resolve isso. Mas, no caso dos Distritos, a realidade crua é que estão despedaçados! Há várias gestões! Leia matéria completa a respeito e diagnóstico da própria Secretaria Municipal de Desenvolvimento apresentado em audiência pública a respeito… É bom pensar no futuro, desde que a estrada a ser percorrida hoje me leve até a esquina, pelo menos…

VÍDEO DE SEGURANÇA

Imagens de gravação da vigilância da obra da ETE no Distrito Industrial, na entrada no canteiro, identificam o veículo (no último domingo) e pessoas abordando o segurança. O segurança está acompanhado de dois cães, um menor e outro de porte (rotweiler). Mas a imagem não indica sobressaltos no contato do vigia com as pessoas que chegaram no veículo. Os ocupantes saem logo em seguida, após contato preliminar com o vigia. O caso está sob apuração da Promotoria Eleitoral.

REGISTRO DE ÓBITO COVID

Corre pelas redes sociais manifestações criticando divulgação, pela Prefeitura de Bauru, de que uma mulher com 35 anos faleceu de Covid-19 e era portadora de CARDIOPATIA. A Secretaria Municipal de Saúde corrige a informação e diz que a paciente foi atendida pelos serviços de retaguarda do Município e tinha HIPERTENSÃO. Familiares reclamam que a mulher foi levada à Unidade de Saúde em condições de suspeita graves e que teria ocorrido demora no encaminhamento.

EM VÍDEO – NOSSOS PITACOS PRA VOCÊ 

Veja no vídeo o Resumo do Dia e nossos comentários: 

https://www.youtube.com/watch?v=dBcTe_QppiE&feature=youtu.be

2 comentários em “02/10 Boletins de 30 acidentes de trânsito da frota da Prefeitura na “gaveta””

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima