A noite abraça a praça e a cultura independente explode suas faces no Jd Godoy

A praça do Godoy merece visita para experimentar a paisagem

A cultura ainda enfrenta o mais duro golpe de sua difícil trajetória. Mas vive, com força, e na periferia. Não bastassem rótulos de parte da sociedade, a pandemia destruiu projetos, fez sucumbir sonhos e, muito além disso, aprofundou o abismo para produtores e criadores de arte. Mas ela pulsa!
É o que mostrou a  arquibancada que lembra uma arena dos encontros romanos da Praça Orlando Lamônica, no Jardim Godoy,  repleta de energia, de periferia, no sábado de 21 de janeiro deste 2023.

Um cenário forte, para além do simbolismo, para deixar claro ao Poder Público que ele precisa enxergar, se aproximar das linguagens culturais de Bauru.
O secretário de Cultura Paulo Eduardo passou por lá. E, em breve conversa, indicou que reconhece a profusão.
Tomara que consiga levar à prefeita Suéllen Rosim o que disseram arivistas culturais, produtores independentes, curiosamente cantando para a cidade, ao fundo. Quem nunca foi lá, experimenta no fina da tarde. Para entender o que a noite, a praça e os que bebem das diferentes linguagens desejam dizer.
A cerimônia (diria encontro de linguagens) de premiação aconteceu no sábado, sim, 21 de janeiro. Abaixo a lista completa dos indicados em cada categoria.

A  “2˚ edição do Prêmio da Cultura Popular Bauruense” recebeu 137 artistas/iniciativas diferentes que fizeram a diferença na arte e na cultura da cidade em 2022 foram indicados para 28 categorias.
A premiação valoriza as produções culturais realizadas em Bauru no ano passado. A organização do evento conta com a união do Coletivo FMC (Formando Mentes Coletivas) com o RPretas, junto do Movimento Coletivo Samba e do 014 BPM, entre outros. O evento tem apoio da Secretaria Municipal de Cultura de Bauru, da Apoesp – Subsede Bauru, da Embarca Mídia, da FMC Comunica e do Sindicato dos Bancários de Bauru e Região.

 

AS INDICAÇÕES
O público participou da primeira fase da premiação. Durante as duas primeiras semanas deste ano, ele fez a inscrição dos seus artistas preferidos na página do evento. Após analisar cerca de 500 nomes, os mais indicados em cada categoria foram apresentados para votação final dos jurados. A festa da cultura popular foi no sábado, na Praça do Jardim Godoy.

EXPRESSÃO
De acordo com Igor Fernandes, um dos organizadores do prêmio, a qualidade da produção artística do município superou todas as expectativas da produção do evento. “Ficamos muito felizes por receber indicações de trabalhos tão expressivos, de artistas corajosos que continuaram a produzir mesmo com todas as dificuldades impostas pela pandemia e pelo contexto político e social em que estávamos inseridos nos últimos anos”, explicou.

SEGUNDA EDIÇÃO
A 1˚ edição do evento foi no fim de 2019. Naquela ocasião, o cenário artístico e cultura de Bauru vivia um momento de muita produção, onde diversos grupos estavam se consolidando. Mesmo assim, naquele ano, foram apenas 89 indicados e 20 premiados.

MELHORES DO ANO:
Encontro dos Sambistas no SESC
CamJazz
Arraiá Sounds Redskywalker Session
Lançamento do “Bauru Cidade Criativa” no Pq. Vitória Régia
“Ah, se Ousares”
Sarau da Praça
Estação Primeiro de Agosto
MC Naath
Fuzuê 014
Projeto “Nosso Samba”
Vórtex 014 no Flash Ramp Park
Lançamento do livro “Palavras de Concreto Armado” no Teatro Municipal
Sarau da 13 no Ferradura Mirim

MÚSICA – SINGLE DO ANO:
Mina Min – Meus Castelos
Pedro Sotnas – Celine
Bebé Pacheco – Céu
TVRS – O que restou
Josiel Rusmont – Diadorim
Zoio Baixo Original Sujeira – Minha origem eu não esqueci
Amaranta – Marcas de Tinta

MÚSICA – ÁLBUM DO ANO:
Jô Moura & B.8 – ProJet A2
David MC – Lucidez
Autoboneco – Harém Autônomo (Art & Guilt Consortium)
Nelson Itaberá – Contraponto
Denise Amaral – Sem limites
BetinMc – Anota a placa

MÚSICA – BEAT DO ANO:
Kaaduzex
MoohnBeats
Dj Montanha

MÚSICA – VIDEOCLIPE
D.Gordão – Baile da Norte
Bebé Pacheco – Céu
Artigo DZ9? – Sobre a Guerra
Set Boteco do Luan
Quarteto Caipira Paulista – Mãe nas manhãs
Genaro Magri – Safada e Carinhosa

ARTE E POESIA –

OBRA LITERÁRIA:
“Palavras de concreto armado” de diversos escritores
“Quebra Cabeça Social” de Cursinho Ferradura
“Janelas para a Alma” de Ricardo Luís Nunes
“Poemas de Bolso” de Ana Maria Barbosa Machado
“O País Impossível” de José Brandão
“Bauru nos tempos do sertão” de Luis Paulo Domingues

ARTE E POESIA –

MELHOR PERFORMANCE:
Dj Nikim no Fuzuê Odara
Kaya Cia de Dança – “Ah, se Ousares”
Santina no Sarau de Lançamento do Livro “Palavras de Concreto Armado
Dj Montanha no Baile do Will

Pedro Blanc em “A-ha! Laboratório de Truques”
Estrofe Mc na 10˚ Semana do Hip-Hop de Bauru

ARTE E POESIA – PERSONALIDADE POÉTICA:

Ariane
Ana Maria Barbosa Machado
Amanda
Pxtmarginal
Noah
Mendinha

ARTE E POESIA – INICIATIVA PELA ARTE:
Vinão com @014bpm
Daiana Terra com @sub___versiva
Breakinho artista de rua
@maracatuabayomi
Iriane Lemos com @ocincofotoarte
@sattvacriativa_atelie

AUDIOVISUAL –

CONTEÚDO DIGITAL:
Babi Souza
Podcast “Goela Abaixo”
@014bpm
@fmc_comunica

AUDIOVISUAL – FOTOGRAFIA DO ANO:
Latex Vencido
Noreen
Paula Shi
LeeLo-Gi
Bayo
Vini Viralata

AUDIOVISUAL – VÍDEO
“O 11 de agosto e a defesa da democracia – Documentário de um Dia Histórico” de Paulo Eduardo Tonon
“Escurecimento – Empreendedorismo e racismo em Bauru” de Felipe dos Santos Lopes
“Batalha – Histórias da nossa História” de FMC Comunica + 014BPM + Liga da 014
“Maconha Salva Vidas – Tetê Oliveira” de La Firma

BATALHA DE RIMA –
Batalha dos 13
Batalha do Rasi
Batalha do Ringue
Batalha do TV
Batalha da BSP

MC DO ANO:
Estrofe MC
Brooklin MC
LF
Zoio Baixo
Biggie D
Alinemem

MC REVELAÇÃO:
Alinememo
Dreezy
Dapaz
Ms.ofc
Melissa

MODA – ARTESANATOS E ACESSÓRIOS

Charloo
Moda Crespa
Afro Bijoux
Ovni Artes
Trago Artesan
Bela Bordô

MODA – BRECHÓ:
Mescana Eco
Gareji 833
Afromix
Marrom e Verde
Suspire

MODA – MARCA ORIGINAL:
Ayoluwa joias
Malok420
Ingoma
Exacut Clothing
Mescana Eco

NO CORRE –

COMUNIDADE NEGRA:
Sebastiana de Fátima Gomes (Tiana)
Tobias Terceiro
Edilson Marciano
Ariane Souza
Wander Florencio
Gabi Vital

NO CORRE – MULHERES:
Tetê Oliveira
Sebastiana de Fátima Gomes (Tiana)
Tatiana Calmon
Casa Autoral
Talita Neves
Jô Moura

NO CORRE –

EVENTO INDEPENDENTE:
TRES4
Arraiá Sounds Redskywalker Session
Camjazz
Sarau da Praça
Saura da 13 no Ferradura Mirim
Bauru Dead City

NO CORRE – LGTBQIAPN+:
Nicolas Renato (Nikim)
Mães Pela Diversidade
TranSolidárias
Venusillus
Mari Monteiro
Coletivo Fuzuê014

NO CORRE – PCDs:
Tete Oliveira
Ariani Sá
Caroline Pereira

SAMBA – RODA DE SAMBA 
Samba dos Amigos
Nosso Samba
Encontro dos Sambistas
Samba Delas

SAMBA – SAMBISTA
Ivo Presidente
Deboo
Anderson Lemão
Diego Vieira

Rafael Cabral

SAMBISTA REVELAÇÃO:
Deboo
Vic Ferreira
Diego Vieira
Rita Cabreira
Mari Veronica

SOCIAL – COLETIVO POLÍTICO:
Afronte
Ação Libertária
Marcha da Maconha Bauru
Coletivo Visão
Coletivo Rosa Luxemburgo

PROJETO SOCIAL:
De grão em grão
Cursinho Popular EmoriÔ
Angoleiros do Sertão
Projeto Costura e CriaTeatro de Bonecos

 PROJETO ESPORTIVO:
não houveram indicações

2 comentários em “A noite abraça a praça e a cultura independente explode suas faces no Jd Godoy”

  1. Ameiii o evento e sua diversidade artística e periférica!! Uma honra ter participado como espectadora e ainda mais ter sido indicada em duas categorias: Pernonalidade Poética e Obra Literária!! Orgulho do talento artístico de Bauru e de seus produtores corajosos e independentes!!!💕💕💕

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Scroll to Top