A Previdência Privada

Facebook
WhatsApp
LinkedIn

 

Você sabe o que é? Como funciona? Para quem serve? Quais os tipos existentes?

De algum modo você já ouviu falar de previdência privada e pode ser que não entenda como funciona, e que pode ser um bom investimento. Não se preocupe! Durante este mês faremos uma série de posts falando sobre esta modalidade de investimento que cresce a cada dia.

Começando pelas origens

O primeiro regime de Previdência como conhecemos hoje, surgiu na Alemanha do século XIX, durante o governo de Otto Von Bismarck, que instituiu um seguro obrigatório para proteger os trabalhadores nos casos de problemas de saúde, acidentes de trabalho, invalidez e, principalmente, o envelhecimento. Este seguro seria custeado por contribuições dos empregados, empregadores e Estado. Eis o nascimento da previdência social ou estatal.

Previdência Social Brasileira

No Brasil, a previdência social, cuja manutenção é realizada pelo INSS, é um regime de contribuição obrigatório para os trabalhadores com carteira registrada, onde o recurso dado como renda para os aposentados  é feito pelo entrante no mercado de trabalho, os mais jovens. Assim, durante os anos de trabalho, o trabalhador (e o empregador) financiam aos aposentados atuais do sistema, e não a si próprio.

A Previdência Privada

Ao contrário da previdência social, na previdência privada o indivíduo é o único responsável pela contribuição e poupança (fase de acumulação) durante os seus anos de trabalho, para enfim gozar em sua aposentadoria (fase de benefício).

Em resumo, a previdência privada surge como um complemento da previdência social. Ou seja, é voltada para aqueles que buscam uma maneira de guardar seus recursos financeiros após sua saída do mercado laboral, sem depender do sistema do governo e suas burocracias.

Você deveria ter uma previdência privada?

Acompanhe nossa série de postagens e passe a conhecer as características deste investimento e o porquê você deveria ter uma previdência privada. Até a próxima!

 

 

1 comentário em “A Previdência Privada”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima