Bauru fica na fase vermelha e Doria denuncia corte de 3.258 leitos UTI pela União no Estado

Facebook
WhatsApp
LinkedIn
Governador João Doria disse que vai ao STF contra desabilitação de leitos UTI Covid pela União

 

O governo do Estado de São Paulo manteve Bauru na fase vermelha do Plano de SP na tentativa de reduzir a mobilidade social durante a pandemia. A cidade, como as demais da região, vai ficar até o dia 19/2 nessas condições. O governador João Doria denunciou, na entrevista coletiva concedida agora em SP (05/02, 13h) que o governo federal desabilitou 3.258 leitos UTI Covid em todo o Estado.

Para João Doria, a medida é “absurda, quebra o Pacto Federativo e põe os brasileiros de 645 município em condições de aumento de risco e sem cobertura pela União em pleno pico de pandemia nesta fase. Vamos ao Supremo Tribunal Federal para retomar esta cobertura em pandemia”.

A União ainda não se manifestou sobre o assunto. A princípio, o Ministério da Saúde concluiu os convênios firmados até o final do ano. Mas não está aceitando os pedidos de prorrogação, decorrentes da segunda fase de elevação de transmissão da doença.

A Secretaria Estadual de Saúde também apontou que o Ministério da Saúde ainda não enviou 15 milhões de agulhas e seringas anunciadas. “O governo federal fere o pacto federativo e as obrigações tripartite, União, Estados e Municípios, no financiamento do sistema de saúde no País, estabelecido há tempos. E desabilitou 3.258 leitos Covid, quebrando o acordo tripartite estabelecido. São Paulo também não recebeu 3,4 milhões de agulhas informadas pelo Ministério da Saúde e nem informou previsão de envio”, disse o secretário Jean Carlo Gorinchteyn.

FASE VERMELHA

Na fase vermelha, Bauru terá, pela frente, total de quatro semanas nesta condição. Neste momento, comércio e serviços está novamente abertos, por força de lei municipal aprovada esta semana e sancionada, liberando os setores como essenciais.

João Gabbardo, coordenador do Centro de Contingência, disse que “haverá queda nos indicadores de internações com o avanço da vacinação. Mas precisamos cuidar de nossos familiares e das pessoas com as quais convivemos para garantir o controle da oferta do sistema hospitalar”.

6 regiões avançaram da fase laranja para a amarela. Mas Bauru permanece na vermelha.

Segundo os executivos do governo paulista, neste momento há diferença de até 3 vezes mais casos novos e internações entre algumas regiões, como Bauru e Araraquara (piores) em relação a Presidente Prudente, por exemplo.

Vacinação: nesta sexta (05/02 o Estado informa que mais 1,1 milhão de doses foram liberadas pelo Instituto Butantan para o Ministério da Saúde, totalizando 9,8 milhões de doses até aqui.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima