BAURU TEM SEGUNDO TURNO: Suéllen surpreende e fica à frente de Raul

Facebook
WhatsApp
LinkedIn
Suellen Rosin teve 57.844 votos
Contra 53.299 votos de Raul, no 1. turno

Com poucos segundos no programa eleitoral de TV, a jornalista Suellen Rosin (Patriota) apresentou pouco conteúdo, em suas redes sociais, sobre como solucionar os principais problemas de Bauru. Mas está no segundo turno da eleição 2020 com votação surpreendente na primeira etapa.

Raul Gonçalves de Paula (DEM), seu adversário, liderou as intenções de voto até próximo do final da primeira etapa inicial. A rigor, Raul não perdeu eleitorado, a princípio. Mas sua performance ao final do turno foi insuficiente para conter a reviravolta protagonizada por sua adversária.

Suellen, a jornalista, agora vai confrontar suas ideias e planos para cidade com 57.844 votos, contra 53.299 do médico Raul. Será interessante (para a cidade) ter a oportunidade de submeter ao eleitorado os conteúdos de temas (e problemas estruturais) que ou não foram tocados a fundo por Raul e tampouco apresentados por Suellen.

A princípio, a divisão do eleitorado, no turno inicial, em algo próximo de um terço para cada um pode significar que o bauruense quer mais do que frases de efeito. Mas, de outro lado, paradoxalmente, chama a atenção, de forma preocupante, o fato de que podemos estar diante de uma eleição onde não tocar nos problemas seja uma estratégia aceita por parte do eleitorado.

REAÇÕES

Em entrevista ao CONTRAPONTO, Suellen Rosim, claro, comemorava, seu crescimento em escala, na reta final da campanha. Nem o mais otimista dos integrantes do Patriota apostariam que ela pode ficar à frente de seu agora adversário na segunda etapa.

De outro lado, Raul já deu indicações de que vai aproveitar todo o espaço que puder para tirar a jornalista da “zona de conforto”. “Ela vai ter de dizer como vai solucionar os problemas. Eu vou discutir temas, para mostrar à cidade que não podemos viver de novo uma aventura”, tascou.

Suellen preferiu comemorar o resultado. “Estou muito feliz que as pessoas tenham apoiado essa proposta de dialogar com todos, ouvir todos e construir ações para a cidade se desenvolver juntos”.

Se observar sobre outros olhares, o segundo turno traz as duas candidaturas que pouco se comprometeram. Raul, principal adversário do atual governo, dosou críticas e pode ter lhe custado mais caro não ter sido contundente em relação a erros de Gazzetta. Suellen abusou de frases motivacionais em sua rede social, mas sempre com pouco conteúdo sobre temas e soluções.

O segundo turno está posto, no “sprint final” mais curto do que o “normal”, com não mais que 123 dias de possíveis confrontos. Tomara que ocorram pelo menos 3 ou 4 debates. A cidade merece saber oque Raul e Suellen de fato têm em comum, onde são diferentes e quais as saídas de cada um para nossas principais questões.

DEMAIS

O atual prefeito recebe das urnas a rejeição que se apresentava nos índices de avaliação em relação ao mandato, ficando em terceiro com 8,78% dos votos válidos.

Jorge Moura conseguiu se consolidar na quarta colocação, com 5,94%. A seguir vieram Rosana Polatto (4,55%), Luiz Carlos Valle (4,18%), com Avallone, Sandro, Renata, Gerson, Alba e Crusco na descendente.

PRÓXIMA CÂMARA

A próxima formação parlamentar em Bauru vai no eixo da avaliação que realizamos, durante cobertura de sete horas durante a apuração, mesclando (em sua ampla maioria) ex–integrantes do Legislativo, com nomes que cumprem mandato.

Como em toda eleição, novos nomes se posicionaram com votação suficiente para “estrear” na representação popular. A formação das suplências traz vários ex-vereadores (como Fabiano Mariano, Renato Purini, e atuais (como Edvaldo Minhano, Natalino da Pousada re Carlão do Gás).

E, como em toda eleição, a formação escolhida nas urnas abre as cortinas para lideranças emergentes, como Pastor Bira, Marcelo Afonso, Edson Miguel, Eduardo Borgo e Beto Móveis.

Seja, abaixo a formação eleita da próxima legislatura, com Coronel Meira com a maior votação, um resultado significativo de mais de 5.000 votos (levando-se em conta a elevada abstenção e votos inválidos – de 46%).

 

 

4 comentários em “BAURU TEM SEGUNDO TURNO: Suéllen surpreende e fica à frente de Raul”

  1. Difícil escolha, dois candidatos pobres em conteúdo, pouco engajamento com os problemas da cidade. Difícil missão do eleitorado, novamente🤷🏽‍♂️

  2. Aparecido Burian Celarino

    A Suelen precisa perguntar ao Raul de onde ele vai tirar dinheiro para cumprir o que prometeu e se ele dá por escrito as promessas. Estamos curiosos para assistir essa mágica.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Rolar para cima