Eles querem nos dividir. Estão de braços dados nessa!

Facebook
WhatsApp
LinkedIn

 

Edição 01 – junho 2021

 

Conversa com Nélson Itaberá é uma troca, papo aberto, sobre política, desafios da cidade, do País, medos, grilos, incertezas, buscas… Sem receio de rótulos. Por isso o convido pra embarcar em nossos diálogos sem muros. Não é artigo! Entre nos comentários e dê seus pitacos!

A reflexão aberta – no típico estilo daqueles papos que temos com poucos, ou em uma conversa sem pretensões, em casa, na caminhada, na mesa de bar…. – pressupõe, inclusive, correr riscos. Isso mesmo! Receber o contraditório, CONTRAPONTO, ou sugestão de que uma frase “torta” seja revista, ajustada!

Não é assim quando conversamos de boa, “na boa”?….

Para a sugestão dar esse “tom” vamos gravar de bate pronto, sem roteiro, sem receios de que um ou outro ponto de vista fique solto…. É abrir o papo.. Por na roda!

Uma discussão, reflexão aberta, sobre temas que surgem no dia a dia e muitos têm receio de abrir… sem barreiras…. Aqui não importa estarmos certos ou não sobre a reflexão, mas fazê-la, como em CONVERSAS.

É POR NA RODA, ESTIMULAR A DISCUSSÃO….

Dito isso, vamos lá… “simbora” bater papo virtual. A conversa em áudio de 14 minutos está acima. Deixe seus pitacos!

Ando meio “p” da vida com essa estratégia de nos “polarizar”, desde já! E, além disso, perceber, cá entre nós, que isso me angustia…
Não tô a fim de me ver encurralado em uma “encruzilhada” dos brasileiros do bem!
Parece conservador, meio “casulo até”, ou provocativa a expressão… Mas vamos lá!
Precisamos desengasgar…. descascar alguma coisa….
A eleição ainda é em outubro de 2022, mas já estão fazendo “mirabolagens”, desde já, um esforço para definir por nós quem seriam os finalistas da peleja pela disputa do poder em Brasília.
Vamos conversar sobre isso? Está no áudio! Dá pra ouvir no trajeto para o trabalho…
Ou em uma sentada para um café….
Inté!

2 comentários em “Eles querem nos dividir. Estão de braços dados nessa!”

  1. Não quero e não pretendo ficar preso a essas 02 opções. Na verdade essa polarização interessa a maioria da classe que domina o país. O discurso deles é o do sempre, no sentido de quem opta pela terceira via ajuda eleger um dos dois lados. Espero que haja uma convergência de projetos e vontade política em acabar com extremos e dar outras opções viáveis aos eleitores.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Rolar para cima