Em carta, FAAC faz defesa da universidade pública e da democracia

Queridas Alunas, Alunos, Alunes, dos Cursos de Graduação e de Pós-graduação da Faculdade de Arquitetura, Artes, Comunicação e Design da UNESP, Bauru
Nós, Docentes Efetivos, Bolsistas/Substitutos, Estagiários Docência dos Cursos de Arquitetura, Artes, Comunicação e Design, abaixo assinados, viemos mais uma vez, exercer nosso papel como professoras/professores e pesquisadoras/pesquisadores, neste momento de gravidade que exige atenção e posicionamento de todas/todes/todos nós e, assim, nos dirigimos a vocês, nossos parceiros no exercício e no caminho do desenvolvimento da aprendizagem, do conhecimento, da pesquisa, da extensão e da constituição do pensamento crítico.

Nesta carta nos referimos, especialmente, à defesa da Universidade Pública e, especialmente, das ações necessárias visando uma Sociedade mais Equitativa, Equânime e a garantia da Democracia e do Respeito às Diferenças, à Diversidade, à Dignidade ao Bem-Viver e Existir, tão necessárias em nosso tempo.
A ação que é exigida de nós neste momento é a que busque extinguir ou, pelo menos, diminuir os graves crimes contra a humanidade, tais como a miséria, a fome, a pobreza extrema, o racismo, a misoginia, a pedofilia; o incentivo ao armamento, a violência e as mortes; a opressão, às falsidades ideológicas com informações dúbias, falsas e mentirosas; a falta de ética e de respeito ao outro; o uso do dinheiro e da máquina pública levando ao endividamento do país e, portanto, da população com a perda do poder aquisitivo, a desvalorização do salário mínimo, das aposentadorias e das pensões.

Outra gravidade imensa e de resultados nefastos no presente e no futuro é com relação ao ensino e a pesquisa e, diretamente, às universidades públicas e à ciência e tecnologia.
É este momento que exige de nós um posicionamento, não apenas em nosso favor e das pessoas próximas a nós, como nossos familiares e amigas/amigos/amigues. Este momento exige nossa ação consciente em favor do presente e do futuro das crianças, dos adolescentes, dos jovens, dos adultos e dos idosos deste país.
Se você quer continuar a ter uma vida digna, acesso aos estudos e projetos na universidade pública e, em consequência, a postos de trabalho e a possibilitar que as pessoas deixem de estar em situação de miséria, em situação de rua, sem moradia, sem saneamento básico, precisamos DIZER NÃO AO AVANÇO DO RETROCESSO QUE ESTAMOS VIVENDO!

Nenhum governo é perfeito, mas nunca vivemos neste país um momento de tantas imperfeições, de um nível grosseiro e tosco, de total desrespeito às mulheres, negros, indígenas, à populaçao LGBTQIA+, ao meio ambiente, entre outras questões de relevância.
A eleição neste segundo turno não é um jogo e, na realidade que vivemos, vai além de questões partidárias. TODO VOTO é importante e tem muito valor, é a sua voz, a sua ação contra a atual situação que, se não for revertida, nos levará a miséria moral, intelectual, educacional, econômica/financeira, política.
Nosso voto neste momento é de HADDAD para o governo de SP e de LULA para a presidência do Brasil. Vamos todos nos dar as mãos e fazer uma corrente de força em defesa da digna reconstrução deste país e por vidas melhores a toda a coletividade.

 

Assinam

Professoras e Professores,
Professoras e Professores,
Mônica Cristina de Moura Kelly Cristina Magalhães
Luis Carlos Paschoarelli Juarez Tadeu de Paula  Xavier Marcos Américo
Francisco Rolfsen Belda
Fernanda Henriques
Ana Beatriz Pereira de Andrade Angela Maria Grossi
Eli Vagner Francisco Rodrigues Eliane Patrícia Grandini Serrano Lucinéa Marcelino Villela
Larissa Maués Pelúcio Silva Alexandre Suarez de Oliveira Regilene Aparecida Sarzi Ribeiro Francisco Machado Filho
Silvana Aparecida Alves
Tamara de Souza Brandão Guaraldo Olimpio José Pinheiro
Cassia Leticia Carrara Domiciano Adalberto da Silva Retto Junior Maria Eugênia Porém
Osvando José de Morais
Rosa Maria Araújo Simões
Laan Mendes de Barros
Raquel Cabral
Danilo Rothberg
Helio Hirao
Rosio Fernández Baca Salcedo Célio José Losnak
Jefferson O. Goulart
Arlindo Rebechi Jr.
José Xaides de Sampaio Alves Vladimir Benincasa
Maria Cristina Gobbi
Michelle Roxo de Oliveira Carlo José Napolitano Luttgardes de Oliveira Neto Simone Andrea Furegatti Marcelo Carbone Carneiro Salete da Silva Alberti
Thais Regina Ueno
Docentes Bolsistas ou Substitutos
Carlos Humberto Ferreira Silva Júnior Jorge Otávio Zugliani
Nathan Martins Fernandes
Ciro Bortolucci Baghim
Rogério Penna Quintanilha Leonardo Alvarez Franco Rodrigo Rocha Carneiro Guilherme Cardoso Contini Luiz Fernando Wlian
Kelly De Conti Rodrigues
Estagiários Docência
Rodrigo Malcolm de Barros Moon Larissa Priscila Giuriatti
Gabriel Del Menico Corazza
Thais Ramos Leite

2 comentários em “Em carta, FAAC faz defesa da universidade pública e da democracia”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Scroll to Top