Ex-chefe de Gabinete denuncia Marquinhos e presidente acusa chantagem por cargo

Facebook
WhatsApp
LinkedIn

 

Denúncias cruzadas envolvem o presidente da Câmara de Bauru, Marcos Antonio de Souza, e o ex-chefe de Gabinete da Casa, Anderson Santiago dos Santos. Nesta quinta-feira (04/03), o então assessor protocolou denúncia de falta de decoro e suposta prática de crime contra o vereador. Já o parlamentar distribuiu material com gravação atribuindo a Anderson chantagem para ser mantido em cargo.

O presidente da Câmara Municipal de Bauru, vereador Marcos Souza (PSDB), enviou ao CONTRAPONTO no início da noite desta quinta-feira (04/03) denúncia de que teria sofrido chantagem por parte de Anderson Santiago dos Santos para garantir a ele cargo de confiança, senão este o denunciaria de eventual prática de irregularidade.

Conforme Marcos Souza, Anderson o estaria chantageando desde quando o parlamentar assumiu a presidência. Anderson foi exonerado da função de chefe de Gabinete do Legislativo na última terça-feira. Marcos enviou áudio apontando como sendo de Anderson a voz na gravação. No trecho, o ex-chefe de Gabinete fala que quer cargo de assessor.

Mas, nesta mesma data, de outro lado, o ex-chefe de Gabinete protocolou representação contra o vereador com denúncias. Na representação contra o atual presidente da Casa de Leis, o então chefe de Gabinete (que foi nomeado na função a partir da eleição de Ricardo Cabelo ao comando da Mesa Diretora) denuncia que Marcos Souza teria lhe ofertado cargo na administração (Executivo) em troca dele (Anderson) não levar adiante caso de prática de suposta irregularidade por Marcos durante a campanha eleitoral.

Conforme a representação de Anderson, Marcos teria intermediado, de forma ilegal, eventual  promessa de cargo para uma pessoa que, para atuar em sua campanha, receberia emprego em empresa contratada pela administração,  com suposta troca de favores, na eleição de 2020. O ex-chefe de Gabinete entregou material como sendo prova de sua denúncia em pen drive, conforme a representação.

Marcos Souza diz que a denúncia é mentirosa e que está tomando providências contra Anderson. O vereador Eduardo Borgo, presidente da Comissão de Fiscalização, recebeu a representação. O caso também poderá ser apurado pela Comissão de Ética, presidida por Estela Almagro.

1 comentário em “Ex-chefe de Gabinete denuncia Marquinhos e presidente acusa chantagem por cargo”

  1. Que vergonha Presidente de Câmara passar por isso, embora que vindo do vereador Marcos de Souza e do ex Ricardo Cabelo não me surpreende!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Rolar para cima