Fábrica de medicamentos pode dobrar atuação em Bauru

As obras de expansão da Santisa Farmacêutica estão em andamento na rua Monsenhor Claro, atrás do Hospital de Base, no Centro.

Quem passa pelo local não deixa de perceber o tamanho dos pilares sendo instalados. O que o bauruense pode não saber é que ali está a expansão da fabricação de remédios da Santisa.
A  indústria especializada na produção de medicamentos hospitalares, referência em todo o Brasil, tem 170 colaboradores, mas planeja aumentar a produção em cinco vezes até 2024.

O diretor da Santista Laboratório Farmacêutico é  Dalton Durski. Com regulamentação na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), ela tem 12 registros de remédios de uso hospitalar, como Diazepam, Furosantisa, Metoclosantisa, Santiazepam, Santidor, Santiplex B – Polivitamínico, Santropina, Sulfato de Gentamicina, Vitasantisa C., entre outros.

A indústria farmacêutica foi fundada em Bauru, há mais de 50 anos. Registros indicam que no local, em 1911, já funcionava um hospital. Depois veio o laboratório farmacêutico, abastecendo as Santas Casas.

Em 2022, a Santisa foi comprada por um grupo que está investindo na modernização e reestruturação do local, com aporte financeiro inicial de mais de R$ 50 milhões.

O plano seria dobrar o quadro, com 340 funcionários até 2024. A estimativa também é aumentar em cinco vezes a produção com a implantação do novo espaço, saltando de 6 milhões ao mês para 30 milhões de medicamentos, a partir de novos equipamentos.

A Secretaria de Obras realizou adequação de drenagem no entorno. O DAE atua para ajustar suas redes.

1 comentário em “Fábrica de medicamentos pode dobrar atuação em Bauru”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Scroll to Top