COLUNA CANDEEIRO 25092020 NELSON ITABERÁ

N. 103 Causa animal, variante da Covid, ETE, receita de janeiro de Bauru e agenda de prefeitos em SP

Facebook
WhatsApp
LinkedIn

N. 103 CAUSA ANIMAL, CASTRAMÓVEL, VARIANTE DA COVID, PLANO SÃO PAULO E PREFEITOS NA CAPITAL NESTA QUARTA

 

VARIANTE COVID

A Secretaria Estadual de Saúde reconhece o registro de 25 casos da variante de Manaus (linhagem, ou nova cepa), da Covid em todo o Estado, até segunda-feira (15/02). Nas proximidades, Araraquara e Jaú, como divulgamos, estão entre os casos. Conforme o Estado, 9 casos são na Capital; 3 em Jaú; 1 de Águas de Lindoia e 12 em Araraquara. Já a variante britânica tem 7 casos, sendo 5 da Capital e 2 de Sorocaba.

NA REGIÃO 

A confirmação de novas variantes ocorre por meio de sequenciamento genético, além da investigação epidemiológica dos casos, como históricos de viagens e contatos.

Em reunião com o secretário estadual de Saúde,  Jean Gorinchteyn, o secretário de Jaú do setor, Rodrigo Brandão, buscou unificar medidas de controle (mais restritivas à circulação de pessoas) com os municípios da região. Para ele, a variante está atuando em cidades como Barra Bonita, Bariri, Torrinha, Dois Córregos, pela circulação diária entre os municípios. 

NÃO VAI

Suéllen Rosim não estará na agenda de prefeitos da região, que inclui Lençois, Botucatu e outros. A reunião é para cobrar suporte (leitos) para a Covid.

Sobre a ampliação de leitos, em Araraquara, o Estado anunciou 70 novos leitos, sendo 30 de enfermaria no Hospital de Campanha do município, que contará também com uma usina de oxigênio, além de outros 30 de enfermaria e 10 de Suporte Ventilatório Pulmonar (SVP) no Pronto Socorro municipal Melhado.

Já em Jaú, foram anunciados 96 leitos. No Hospital de Campanha do Amaral Carvalho, serão 29 de enfermaria, 9 de UTI e 10 de SVP, e na Santa Casa de Jaú serão mais 30 de enfermaria e 18 de UTI. Outros leitos foram abertos em Taquarituba (pra desafogar Botucatu) e Promissão.

POSIÇÃO  DO ESTADO

Sobre a presença regional da variante Covid, a posição oficial da Secretaria Estadual de Saúde é de que “até o momento, não há comprovações científicas de que sejam variantes mais transmissíveis ou provoquem quadros mais graves, nem evidências referentes à capacidade de resposta imune das vacinas disponíveis. Pesquisadores em todo o mundo estudam o comportamento da pandemia e as mutações do vírus (SARS-CoV-2). Assim, as mesmas medidas já conhecidas pela população seguem cruciais para combater a pandemia do coronavírus (máscara, higienização das mãos, distanciamento social, vacinação…)”. 

OBRA DA ETE

A Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) do Distrito Industrial tem, enfim, o Acompanhamento Técnico de Obra (ATO) atuando desde ontem. Conforme o secretário Municipal de Obras, Marcos Saraiva, o grupo de empresas contratado por licitação “entrou ontem no canteiro de obras da ETE. Pedimos um cronograma executivo exequível para a obra e até esta sexta-feira a responsável pela ATO vai nos enviar. Vamos analisar e decidir os próximos passos”, disse.

A administração Suéllen afirmou que trabalha para entregar a obra (com a estrutura parcial pronta para tratamento de esgoto) até outubro deste ano.

ESTRAGOS DA CHUVA

A chuva forte do último domingo exigiu que a Secretaria de Obras parasse com as frentes de trabalho de ações preventivas em diferentes bairros (contenção de erosão, limpeza, reposição de boca de lobo, água pluvial) para atacar na recuperação de estragos.

“Nós esperamos concluir a recuperação dos principais pontos da chuva do último até amanhã e na quinta-feira já retomar as prioridades em ações preventivas, que são muitas. Paramos esta semana para recuperar asfalto, conter erosões mais graves, por causa da chuva forte do domingo”, cita.

NAÇÕES UNIDAS

No caso de combate a enchentes na Nações Unidas (problema antiquíssimo na cidade), o secretário foi pontual: “A resolução da enchente na bacia da Nações é complexa. Estou analisando o projeto contratado pelo governo anterior para ver o que fazer e quanto custa”.

DINÂMICO

Ao fazer uma varredura, entre diferentes setores operacionais do governo, sobre as ações de “rescaldo” deixado pela chuvarada do domingo, ouvimos o que segue. E isso veio de mais de um contato realizado pelo CONTRAPONTO no setor: “O secretário de Obras é dinâmico. Não enrola. Define o que é possível de fazer e elenca prioridade”….

Nossa torcida é que esta “mentalidade de gestão” prospere, inclusive de forma cultural, pedagógica, em parte do funcionalismo e agentes políticos. Ficar dando declaração de eventual solução mirabolante ou prospectando conjecturas em engenharia, obras, não funciona.

Boa Saraiva! Luz!

INTERLOCUÇÃO

Quem anda entusiasmado com projetos de porte junto ao governo é Luiz Carlos Valle. Ele tem sido procurado tanto para ações em sua área de ação (demanda do lixo e aterro, geração de energia como ‘subproduto do lixo”, transportes – do coletivo ao VLT), como em outros setores.

Valle já trabalhou fora do País, com projetos estruturais, e pode ajudar o governo a abrir frentes… Precisa, de outra sorte, que o novo governo consiga “desamarrar” uns troncos antigos, setoriais, em algumas pastas. E oxigenar a turma do “escaninho da geração de dificuldades”…

VACINAS

A Secretaria de Saúde divulgou na tarde desta terça (16/02) o balanço de vacinação Covid. Até hoje, segundo o governo, foram aplicadas 22.980 como primeira dose e 1.703 da segunda dose.

O cronograma (por faixa etária) será atualizado, nos próximos dias, assim que mais lotes da vacina cheguem à Bauru.

ATRASO NOS LEITOS

Jaú recebeu o secretário de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi hoje, como dissemos. Mas sobre a entrega de leitos (das 112 novas UTIs anunciadas para o Interior), o secretário disse que os 50 leitos de Bauru vão atrasar. No início de março é que começam a operar as 10 novas UTIs Covid (no HC), conforme o governo.

Já informamos que, dos 50, na verdade, as vagas “novas” serão 20… no total. 10 UTIs no Hospital Estadual e as 10 prometidas para o HC. As 20 enfermarias, do pacote, passam a ser financiadas pelo Estado (e não mais pela União). E os 10 leitos clínicos do Base já estão, na prática, sendo utilizados.

DOIS MINISTROS

Pitaco sobre a visita dos ministros Marcos Pontes (Ciência e Tecnologia) e Milton Ribeiro (Educação). É evidente que os temas dessas pastas são fundamentais para o País, a cidade, a região!

Mas não é todo dia que dois ministros entram no Palácio das Cerejeiras. Além disso, um é daqui (Pontes) e o outro estudou aqui (Ribeiro se formou na ITE e morou em Pederneiras). Assim, a despeito de todas as demandas importantes, “cobrar, demonstrar, reforçar, pedir, reivindicar, apelar (no bom sentido) aos ministros para que levem ao Presidente o DESESPERO também da cidade e da região com a fome e desemprego (fim do auxílio emergencial) e a urgência com a vacinação é questão além do essencial….”

A escola militar e o Centro de Inovação, quando tiver definição de local, projeto, recursos, vamos anunciar!

DEMITIDOS

Se em Bauru, a atuação de fiscais incomoda (alguns) quem descumpre a regulamentação da fase vermelha na Covid, em Franca (município do mesmo porte populacional de Bauru)) o “salseiro” está armado…

O prefeito Alexandre Ferreira (MDB) demitiu um assessor direto (cargo comissionado) e até quem comandava a fiscalização (sanitária). Foram exonerados os irmãos Marcos e Felipe Granzotti. Motivo: Felipe foi no casamento do irmão, com uma festona bem aglomerada…. Ai azedou! O “evento” espalhou…

Pedagógica a ação do prefeito de Franca contra a postura em evento. Em tempos de hospitais com UTIs lotadas com pacientes graves por Covid, fica a dica…

Mas não é só o vírus que atrapalha em Franca. A esposa do chefe da Guarda Municipal usou as redes para criticar quem denuncia o descumprimento das regras…. (conforme a imprensa local)… Ai azedou também…. Mas para o governo e na ‘DR’ que o casal terá de realizar para a desinteligência…. (sic).

CAUSA ANIMAL

Em apuração realizada pelo CONTRAPONTO (publicada no site) apontamos a ociosidade do Castramóvel, recebido recentemente (no governo passado) pela Prefeitura.

O governo deixou de realizar as ações itinerantes de castração por causa da Covid. Mas a prática mostrou, segundo o governo, que a produtividade é baixa (deslocamento, mais equipes/jornadas, mais preparo, mais cadastro e agenda de cirurgia nas “ruas).

Integrantes de movimentos da causa animal alertam que aumentou, e muito, a população de cães e gatos (desemprego em massa é a principal motivação). E ONGs que atuam na cidade estão superlotadas… O próprio CCZ não tem mais espaço.

Discutimos esta questão em matéria e o que será do Castramóvel encostado…

REUNIÃO COM COMÉRCIO 

O sinal de “stress” com parte do setor de comércio (fiscalização Covid) levou a prefeita Suéllen (e o vice, Orlando Costa Dias, além de outros secretários) a se reunirem com representantes nesta terça, conforme foto abaixo enviada como divulgação pelo governo.

Conforme a nota oficial, o governo reforçou que está no Judiciário contra o decreto de Doria mas que tem de cumprir a fiscalização, orientar, mas multar quem descumpre as regras para a Covid.

A prefeita aproveitou o encontro e pediu “ajuda emergencial” de quem puder, entre os empresários, para limpeza de avenidas, praças, canteiros, áreas verdes…. E prometeu “estruturar” esses serviços para ter maior abrangência após esta etapa inicial…

Reunião com comerciantes foi na manhã desta terça-feira, na Prefeitura   (divulgação/Prefeitura)

ARRECADAÇÃO

A Prefeitura teve arrecadação global de R$ 102.742.411,80 em janeiro de 2021, o primeiro mês do governo Suéllen. O valor é um pouco melhor do que o previsto pela Secretaria de Finanças para o período, levando em conta que o desemprego está em nível elevado e a piora nos indicadores do coronavírus.

Mas a boa performance tem de ser recebida com o “pé no chão”. Infelizmente o cenário ainda é muito nebuloso…. Todos sabem que o IPVA (50% entra no caixa municipal em janeiro ) é deste início (R$ 37,6 milhões), por exemplo. Mas a pressão sobre a economia, para os próximos meses, ainda exige muita, muita cautela. Segurar os gastos e racionalizar… !

A tabela (abaixo) mostra que a Prefeitura ainda está obtendo reflexo na receita (sobre dezembro) do envio de cartas de cobrança (dívida ativa). Com 13. salário em mãos, os resultados apareceram: arrecadação de R$ 8,2 milhões em janeiro só com devedores.

Quer saber quanto a Prefeitura arrecadou com ISS e quais foram os repasses da União (FPM), Estado (ICMS), verbas da Educação (Fundeb) e outros? Clique em cima de: RECEITAS JANEIRO 2021

DENGUE

Gente! Não dá moleza para o mosquitinho….. Olhem calhas, vasos, joguem água sanitária em ralos (a cada 10 dias pelo menos)…. Cuidem de seus quintais, de suas casas! 85% das “moradas” do mosquito da dengue estão dentro dos imóveis!

A Prefeitura anuncia nesta quarta o início de mutirão, com a Unimed (Big Busca Bauru), de combate ao Aedes aegypti (transmissor da dengue), zika, chikungunya e febre amarela. Estão sendo priorizadas, na ação, as regiões Noroeste e parte da Norte (que concentram 2/3 dos casos, no histórico).

Caminhões vão recolher pneus, latas, garrafas, potes, móveis velhos e qualquer objeto que possa acumular água. Muito legal a ação! Ah…. Bauru registra 25 casos de dengue neste ano…

Mas se você não secar seu vasinho lindo de planta e o ralo esquecido lá na varanda, no corredor de casa… o mosquitinho vai fazer um estrago em sua saúde! E na de pessoas que você ama!

Please! Por favor! Vamos fazer nossa parte!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Rolar para cima