COLUNA CANDEEIRO 25092020 NELSON ITABERÁ

N. 118 Custo de 10 UTIs no HC vai a R$ 4,5 milhões em 6 meses e vacina chega aos de 72 anos

Facebook
WhatsApp
LinkedIn

N. 118 SE BAURU ESTÁ LOTADA DE PACIENTES POR QUE OS “40 LEITOS” DE ENFERMARIA DO HC NÃO LOTAM?

 

NA REAL!

Alguém já se perguntou por que, em pleno segundo pico de pandemia há semanas, os tais “40 leitos de enfermaria” Covid no Hospital das Clínicas também não lotam? Gente! A estrutura que o Estado manteve lá, este tempo todo, é “pra inglês ver”. São leitos políticos! O HC, de fato, tecnicamente, nunca abriu!

Pergunte a um diretor da Famesp por que não levam pacientes pra lá! As enfermarias, nesta fase da doença, passaram a receber pacientes graves! E ninguém arrisca transferir para um local que não oferece condições para o atendimento! Esta a real!

CUSTO TOTAL

A continha dos 10 leitos UTI no HC (assentados em decisão judicial) não é mais R$ 1,440 milhão para a Prefeitura. A Famesp peticionou na ação o valor de R$ 2,4 milhão a diária de UTI. E o valor é bem menor do que os R$  7,5 mil que a Prefeitura teria da Unimed no chamamento público (que deu deserto).

No andar da pandemia, os serviços tendem a se estender por 6 meses. Faça a conta: dá R$ 4,5 milhões. O Estado “joga”.  A Prefeitura tenta se livrar de bloqueio (agora ameaça real no Judiciário). E a Famesp, nesta jogada, está com bloqueio de R$ 8,8 milhões. Veja na matéria exclusiva apurada pelo CONTRAPONTO: https://contraponto.digital/famesp-nao-paga-fornecedores-e-apela-para-desbloqueio-judicial-para-se-manter/

TIRA O OXIGÊNIO

A Famesp está condenada, solidariamente na ação dos leitos. Ok! Mas é preciso situar que ela é  prestadora de serviços. E recebe verba carimbada, do Estado, para cumprir seu papel. O bloqueio de verbas, neste caso, retira ‘oxigênio’ de quem faz a funcionar UTI!

O Município foi o único que não sofreu bloqueio até agora. E é condenado solidário, com o Estado e Famesp. Vai sobrar! …

O bloqueio não tem relação com o corte de 12% nas verbas de serviços de saúde praticados pelo Estado no Orçamento deste ano para Bauru. A Famesp já teve supressão nos contratos, em outros R$ 24 milhões até o final do ano… Ou seja, perdemos mais essa!

FLOR DA PELE 

Não há quem, de algum modo, tenha percebido, ou sofrido, reações à flor da pele durante este longo período de pandemia. Parte de quem produz está pressionado. Uma parcela de quem presta serviços, sem caixa. Quem comercializa, não tem comprador e está com a porta aberta. E muitos que trabalham estão sem atividade.

O episódio, com agressão (vias de fato) na UPA da Vila Ipiranga não é o único e, infelizmente, reflete o estado de “coisas”…

AS VIAGENS

A apuração do caso das viagens, envolvendo agentes públicos, não parou não! Ainda nesta semana haverá novidade…

INFRACEA

A Secretaria Estadual dos Transportes informou, via assessoria de imprensa, que o novo contrato de prestação de serviços para o controle de tráfego no Aeroporto Moussa Tobias (Bauru-Arealva) foi firmado em razão do fim do compromisso anterior.

A empresa Infracea, que atua em vários aeroportos no País, venceu a licitação e vai receber pouco mais de R$ 70 mil mensais para o serviço. A concessão do aeródromo, anunciada pelo Estado, continua em andamento, segundo a assessoria…

DÍVIDA ATIVA 

Suéllen Rosim foi inscrita no Cadastro de Inadimplentes (Cadim) da União. A decisão é por não pagar a multa aplicada pela Justiça Eleitoral por irregularidades na prestação de contas de sua campanha a deputada de 2018, conforme divulgado pelo CONTRAPONTO na ocasião.

No processo, consta que, agora, Suéllen pediu parcelamento em 10 vezes. O salário mensal de prefeita é de R$ 18,1 mil. Ainda não há posicionamento sobre o novo pedido de parcelamento. O débito é de cerca de R$ 32 mil.

PERDA DE 50%

A revelação, pelo CONTRAPONTO, de que o custeio da Atenção Básica de Saúde em Bauru perde pelo menos R$ 8 milhões, conforme projeção do próprio Ministério da Saúde em cima da nova sistemática de financiamento do setor é muito grave.

O “cobertor SUS” já é bem curto. E agora a regra é pagar por produção de serviços e não mais per capita. A mudança na regra faz sentido, mas a redução no volume de recursos é um novo golpe no Sistema Único pelo Governo Federal. E ninguém reage… pelo menos não se tem notícia disso.. entre agentes políticos das diferentes instâncias.

A perda vai exigir corte em serviços básicos da Saúde. Afeta além da folha de pagamento. Veja a reportagem: https://contraponto.digital/saude-preve-perda-de-50-do-custeio-de-unidades-basicas-a-partir-de-maio/ 

CASO SEPLAN

Na ação criminal que denuncia a prática de possíveis crimes decorrentes de irregularidades em serviços prestados com a participação de servidores municipais na Seplan, o Ministério Público (leia-se Gaeco) defende, em alegações finais, a condenação de todos os réus em regime semi-aberto (pela proporção de possíveis responsabilidades) e também aberto, com exceção do ex-procurador Jurídico da Prefeitura, Ricardo Chamma. O Gaeco defendeu sua condenação em regime fechado.

São réus nesta ação: Antônio Carlos Gomes, Ricardo Chamma, Luiz Augusto Lodeiro de Mello,
Ezequiel Saldanha, Thelma de Souza Azevedo, Diego Roxo Pereira e Paula Valéria
Coiado Chamma. A ação discute falsidade ideológica, associação criminosa e fraude em documentos públicos para regularização do Loteamento Chácaras Terra Branca.

As defesas negam as irregularidades. Em especial, o procurador Chamma e o empresário Gomes advogam que o loteamento foi aprovado antes da lei de 1979. Além disso, defendem que a regularização era legal e, conforme Chamma, evitaria indenização contra o Município, entre outros pontos.

OBRAS PARADAS

Da lista de obras levantadas pelo vereador Júnior Rodrigues, a Prefeitura de Bauru emitiu nota citando que “todas as obras citadas são de conhecimento da administração e já estão sendo acompanhadas, com as ações para resolução e conclusão em andamento”.

VACINAÇÃO 72 ANOS

Segue o informe oficial, da Prefeitura:

IDOSO COM 72 ANOS OU MAIS – PRIMEIRA DOSE
A vacinação ocorrerá na sexta-feira (19) das 8h às 12h, e no sábado (20) das 8h às 13h, em todas as UBSs, USFs e no Promai. A partir de segunda-feira (22), a vacinação para este público continua das 8h às 12h.

IDOSO COM 80 ANOS OU MAIS – SEGUNDA DOSE
A vacinação ocorrerá a partir de sexta-feira (19), a partir das 13h, até o horário de encerramento de cada unidade – a maioria fecha às 16h30. Por enquanto, só deverá procurar a segunda dose aqueles que tomaram a vacina Coronavac na primeira dose. A segunda dose é aplicada de segunda a sexta-feira.

GOLPE COHAB

A Companhia de Habitação Popular de Bauru (Cohab) alerta para tentativa de golpe que usa seu nome. Na quarta-feira (17), a diretoria da Cohab registrou Boletim de Ocorrência (BO) no Plantão da Polícia Civil. Uma pessoa, se passando por funcionário da companhia, entrou em contato por WhatsApp com uma mulher que possui inscrição para comprar imóvel retomado.

O golpista afirmou que a mulher deveria depositar uma taxa de R$ 4.800,00 em uma conta corrente para ter acesso ao imóvel. A Cohab não comercializa imóveis retomados através de aplicativos de mensagem, como o WhatsApp.

QUADRAS DA GETÚLIO

A Prefeitura de Bauru fechou as quadras (de areia) na Getúlio Vargas (qd. 16) e também o espaço na Praça Portugal. Motivo: cumprir a proibição de esportes coletivos durante esta fase da pandemia, até 30 de março.

 

 

 

 

 

 

1 comentário em “N. 118 Custo de 10 UTIs no HC vai a R$ 4,5 milhões em 6 meses e vacina chega aos de 72 anos”

  1. Félix Jorge Capinzaiki

    Gente no tocante ao covid 19, se continuarmos desrespeitando as instruções médica , quantos leitos for abertos, quantos serão ocupados. A solução está em nós. A população. OREMOS!!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima