COLUNA CANDEEIRO 25092020 NELSON ITABERÁ

N. 241 Chuva densa chega e com ela a esperada inundação de áreas de várzea e novas erosões

Facebook
WhatsApp
LinkedIn

N. 241 Chuva densa chega e com ela a esperada inundação de áreas de várzea e novas erosões

 

CHUVA DENSA

Depois do longo período de estiagem, as inundações. O ciclo que se repete em Bauru anuncia a já conhecida Temporada das Águas e trechos, igualmente mapeados, das áreas urbanas e rural dificultam a mobilidade urbana. A chuva densa que começou na madrugada e retomou a força, em pequeno intervalo de tempo, explorou o solo permeável e as antigas deficiências em drenagem.

O rescaldo da precipitação que, segundo o dado oficial, somou 80 mm de água em apenas 40 minutos ocasionou problemas em pontos da cidade como:

– as avenidas Nações Unidas e Alfredo Maia alagaram;
– o muro de uma empresa no Jardim Guadalajara caiu;
– água invadiu casas no Núcleo Octávio Rasi na Rua Angelo Mieli, q.1 ;
– água invadiu uma casa na Rua Joaquim Gonçalves Soriano 5-118, a prefeitura realiza pavimentação na via;
– os trabalhos de contenção de erosão na Av. Comendador José da Silva Martha sofreu perda do aterro e uma pequena erosão se formou e atingiu a via, que já se encontra sinalizada;
– Uma erosão que se formou na quadra 4 da Rua José Portela Cunha, às margens do Córrego Água da Grama, no Jardim Prudência, não atingiu casas, mas a via foi interditada.

-o rio Bauru transbordou em pelo menos um trecho e as águas invadiram a Avenida Nuno de Assis;

-árvores caíram em diferentes pontos da cidade (como na foto abaixo)

Erosão abre no Córrego da Grama (abaixo) e estrada rural inunda

LEILÃO MUNICIPAL

A Secretaria de Negócios Jurídicos da Prefeitura de Bauru penhorou e está levando a leilão perante o Setor de Execuções Fiscais da Justiça Estadual, 16 imóveis de grandes devedores.

Um destes imóveis está localizado na Vila Aviação, cujo valor estimado para mercado é de aproximadamente R$ 7.811.846,46, com área de aproximadamente 8.571,72 metros quadrados.

No leilão, que está ocorrendo de maneira online e receberá lances até a próxima quarta-feira (01/12), o valor do lance mínimo para o imóvel é de R$ 3.905.923,23, o que corresponde a metade do valor da avaliação de mercado.

O pagamento poderá ser dividido em uma entrada correspondente a 25% do valor da arrematação e mais 30 parcelas mensais. A ação integra o programa de recuperação de créditos de tributos do município devidos por grandes devedores, com objetivo proporcionar maior arrecadação aos cofres municipais.

Ao todo, 16 imóveis estão no leilão judicial, que é realizado pela empresa Giordano Leilões. Mais informações no site https://www.giordanoleiloes.com.br/leilao/index/leilao_id/518/lote/818, ou em contato com a empresa pelo 0800-7079339.

LEILÃO ASSUÃ

Já o leilão apontado pela construtora Assuã no pedido de Recuperação Judicial no Fórum Estadual de Bauru foi realizado na outra instância, na Justiça Federal. Contudo, os apartamentos do Hotel Metropolitan Square, o produto com maior avaliação dos lotes, não trouxe interessados. Cinco terrenos foram leilados.

Na Justiça Estadual, como antecipou o CONTRAPONTO, a Construtora ingressou com pedido de Recuperação Judicial.

32 MIL SEM VACINA

A Secretaria de Saúde fechou esta semana com 32 mil pessoas com a segunda dose da vacina da Covid-19 em atraso. A maioria recebeu a vacina da Pfizer/BionTech na primeira dose, cerca de 19 mil pessoas.

Já os atrasados que tomaram a primeira dose da AstraZeneca/Oxford somam cerca de oito mil pessoas, e da Coronavac outras cinco mil pessoas em Bauru. A maioria das pessoas que recebeu a primeira dose mas ainda não retornou para a segunda dose possui entre 12 e 39 anos.

Bauru registrou hoje mais duas mortes por Covid, totalizando 1236 óbitos, sendo 128 destes enquanto eram atendidos no PS. De outro lado, o mundo evidencia preocupação com o retorno, em escala, de contaminados, sobretudo com o surgimento de uma variante com indicações de potência ainda maior de transmissão do vírus do que a Delta.

Na noite desta sexta, depois de passar todo o dia rejeitando fechar aeroportos, o presidente Jair Bolsonaro decidiu medidas de proibição de entrada no país para 5 localidades no sul da África.

PROCESSANTE NOVA

Nelson Fio, do Movimento Popular, protocolou hoje um pedido específico para abertura de Comissão Processante contra a prefeita Suéllen Rosim. O requerimento tem basicamente os mesmos elementos trazidos pelas solicitações que foram rejeitadas nas duas últimas semanas.

Fio cuidou de retirar pedidos em relação ao secretário, para evitar que o requerimento seja arquivado sem ir a votação em plenário. O documento, assim, será apreciado pelo plenário na segunda-feira, às 13 horas, caso a Mesa Diretora considere o conteúdo apto a ir a voto.

SUPLEMENTAÇÃO

A Secretaria Municipal de Saúde informa que a suplementação financeira para a aquisição de medicamentos e insumos, para a entrada do próximo ano, é de R$ 2,5 milhões. O valor foi liberado pela Finanças para que a pasta impeça a falta de medicamentos na próxima troca de exercício, quando os fabricantes entram em férias coletivas.

 

 

 

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Rolar para cima