COLUNA CANDEEIRO 25092020 NELSON ITABERÁ

N. 316 Juiz revoga medidas e Carlinhos do PS passa à condição de investigado; Educação entrega 1.270 notebooks para professores e descentraliza Central de Vagas

Facebook
WhatsApp
LinkedIn

N. 316 Juiz revoga medidas e Carlinhos do PS passa à condição de investigado; Educação entrega 1.270 notebooks para professores e descentraliza Central de Vagas

 

CARLINHOS DO PS

O juiz eleitoral da Capital, Paulo Eduardo de Almeida Sorci, revogou as medidas (cautelares) contra o ex-vereador Carlinhos do PS e ele agora figura apenas como investigado no processo iniciado junto a Seccold da Polícia Civil de Bauru no episódio que levanta denúncia de possível corrupção eleitoral e cooptação de votos.

Com a revogação, Carlinhos Bastazini e os demais envolvidos no processo (seus ex dois assessores diretos, Luiz Carlos Alves Júnior e Láercio Pereira (Indião), além do também assessor Gleison Aparecido Contador, bem como Fábio Manoel de Campos e Agenor de Souza) deixam de cumprir medidas restritivas como ter de se apresentar ao juízo todo mês e estarem proibidos de deixar o Município, entre outras.

O caso Carlinhos do PS foi remetido para a Justiça Eleitoral após o inquérito preparatório na Polícia Civil ter sido submetido à Justiça Comum. Conforme mudanças na legislação pelo atual Congresso, os possíveis crimes que envolvam matéria eleitoral ficam com esta área especial da Justiça.

NOTEBOOKS DA EDUCAÇÃO

A prefeita Suéllen Rosim e a secretária Municipal de Educação, Maria do Carmo Kobayashi, realizaram a entrega dos primeiros notebooks adquiridos para todos os professores da rede municipal. Foram comprados 1.270 equipamentos e acessórios suplementares, em um total de R$ 6,4 milhões de investimentos.

Conforme a secretária, cerca de outros 100 equipamentos estão sendo adquiridos para serem entregues também aos diretores das 91 escolas municipais.

MOBILIÁRIO E AR CONDICIONADO

Ainda de acordo com Kobayashi a próxima etapa de aquisições no setor é a troca do mobiliário das escolas, além da instalação de aparelhos de ar condicionado, começando pelas unidades que já contam com suporte de instalação elétrica adequado. A compra em grande volume de itens, como o ar condicionado, recebeu críticas da oposição.

Estela Almagro, por exemplo, apontou que quase todas as escolas apresentam problemas em estrutura e, há anos, não recebem manutenção. Ela advertiu que em muitas unidades a instalação elétrica é incipiente.

CENTRAL DE VAGAS 

A vereadora, por sinal, assina representação contra a eliminação da Central de Vagas para matrículas junto à Secretaria Municipal de Educação. Maria do Carmo Kobayashi, de sua parte, argumenta que o que apresentou aos diretores de escola é a descentralização das matrículas.

“Nós não tínhamos secretárias em todas as escolas e já estamos convocando aprovados em concurso e resolvendo isso. A Central de Vagas continua com a gestão e controle por sistema, até pela transparência e segurança. Mas as mães vão ter a oportunidade de se deslocar para a escola mais próxima de onde moram para realizar a matrícula, ao invés de se dirigirem à sede da Secretaria no Parque Vista Alegre.

ANSIEDADE E GESTÃO 

Maria Kobayshi disse que “convive com a ansiedade de ver que as coisas no setor público não saem no tempo da vontade. Neste momento estou finalizando análise de proposta de projeto modular, como o utilizado na obra do Corpo de Bombeiros, para finalmente poder começar a ter possibilidade de construções a partir de um mesmo projeto, cujo tempo de construção também é bem mais rápido do que o convencional. Mas as etapas de levantamento, documentação, Termo de Referência, análise de cada ação pelos setores técnicos e Jurídico continua e isso leva tempo”, abordou.

MERENDA ESCOLAR

A Secretaria de Educação disse que está discutindo com a Secretaria do Bem-Estar Social, Jurídico e Finanças como viabilizar a utilização de recursos e ações vinculadas para buscar distribuição de merenda em períodos como o de férias. Mas é improvável que as ações sejam tomadas ainda para o mês de julho próximo.

A pasta ainda não sabe quais escolas apresentam maios índice de consumo, em razão, possivelmente, por estado famélico de alunos. Quanto ao acidente na Escola Estadual do Jardim Progresso, onde a panela de pressão estourou e atingiu uma merendeira da prefeitura, a secretária Kobayashi disse que acompanha o estado da servidora (internada no Hospital Estadual).

A Prefeitura está notificando a Delegacia Regional de Ensino para que elimine pendências para a reposição de utensílios, como o de panelas de pressão com muitos anos de uso, ainda mantidos pelo Estado em sua rede. A DRE de Bauru foi acionada, mas não comentou o caso.

FOGO CRUZADO

Vários parlamentares se reuniram na tarde desta terça-feira para buscar medidas em reação à postura da prefeita, conforme vídeo que Suéllen publicou nas rede sociais com duros ataques a vereadores em razão da CP da Educação.

As posições quanto à forma e referência da reação institucional divide opiniões entre as bancadas. O presidente da Casa, Marcos Souza, emitiu nota em seu nome, onde defende o Legislativo, seu papel de fiscalização dos atos do Executivo e reitera pedido de harmonia, com respeito às críticas. Parlamentares, sobretudo da oposição, defenderam posição enfática contra Suéllen.

VACINAÇÃO 

A Secretaria Municipal de Saúde vai realizar no próximo sábado a vacinação, de uma só vez, tanto para Influenza (gripe) quanto para a Covid, com ênfase para a quarta dose conforme as regras preconizadas.

Siga as orientações dos folders a seguir:

1 comentário em “N. 316 Juiz revoga medidas e Carlinhos do PS passa à condição de investigado; Educação entrega 1.270 notebooks para professores e descentraliza Central de Vagas”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima