COLUNA CANDEEIRO 25092020 NELSON ITABERÁ

N. 377 O jornalismo e o marginal! Os dados do emprego em Bauru; o primeiro relatório do MP sobre escolas com “defeitos”

N. 377 O jornalismo e o marginal! Os dados do emprego em Bauru; o primeiro relatório do MP sobre escolas com “defeitos”
O JORNALISMO E O MARGINAL
O site CONTRAPONTO.digital incomoda o comodismo marginal. E esta missão envolve conviver com reações marginais. Hoje recebemos mais um indicativo nesta direção. Infelizmente, não é a única.
Ao nosso leitor, enfatizamos que o jornalismo de vigilância, gratuito pra você, encara paradigmas.
Uma missão, reconhecemos, repleta de desafios em um País onde a avalanche de fake news e robôs se soma a ativismo judicial e corrompe o que sobrou da democracia.
Aqui na aldeia, escrever sobre, entretanto, é uma forma de preservar garantias e direitos.
Ah…
Ao pé do dicionário, marginal é “pessoa que vive à margem da sociedade; quem não aceita leis ou se opõe à moral”.
Não por acaso usam ferramentas à margem.
Em novembro, por sinal, será aniversário do CONTRAPONTO.digital.
Você é nosso convidado. Hacker e araponga não!
CONTRAPONTO – SEU OUTRO PONTO DE VISTA
Dados do emprego foram divulgados pelo Ministério do Emprego
EMPREGO EM BAURU 
Os dados do saldo de empregos e demissões até setembro (novo Caged) mostra saldo de 5.810 vagas. Segundo o Ministério do Emprego, a cidade teve registro de 55.102 admissões e 49.292 demissões (de janeiro a setembro).
A performance do ano, até aqui, é parecida com o ano passado. No mesmo período, Bauru acumulou saldo de 5.125 em 2021.
E SETEMBRO?
Os dados de emprego apenas no mês de setembro apresentam saldo de 817 vagas, sendo 5.924 contratações e 5.107 desligamentos.
No balanço do ano, Bauru continua tendo o saldo positivo puxado pelo desempenho do setor de serviços. 4.056 vagas. As contratações em call center continuam puxando este resultado.
A indústria ajudou com saldo de 1.446 vagas de saldo, o comércio apenas 266 e a construção 152 (no acumulado do ano).
DADOS NACIONAIS
O Brasil gerou 278.085 postos de trabalho em setembro, resultado de 1.926.572 admissões e de 1.648.487 desligamentos de empregos com carteira assinada. No acumulado deste ano, o saldo é de 2.147.600 novos trabalhadores no mercado formal. Os dados são do Ministério do Trabalho e Previdência, que divulgou hoje (26) as Estatísticas Mensais do Emprego Formal, o Novo Caged.
SALÁRIO 

De outro lado, o salário caiu!

Em todo o país, o salário médio de admissão em setembro foi de R$ 1.931,13. Comparado ao mês anterior, houve decréscimo real de R$ 12,47 no salário médio de admissão, uma variação negativa de 0,64%.

No mês passado, o saldo de empregos foi positivo nos cinco grupamentos de atividades econômicas: serviços, com a criação de 122.562 postos distribuídos principalmente nas atividades de informação, comunicação e atividades financeiras, imobiliárias, profissionais e administrativas;
Outros dados: comércio, saldo positivo de 57.974 postos; indústria, com 56.909 novos postos, concentrado na indústria de transformação; construção, mais 31.166 postos de trabalho gerados; e agricultura, pecuária, produção florestal, pesca e aquicultura, que criou 9.474 empregos.
MARGINAIS DA RONDON
Se a Prefeitura de Bauru não tomar posição firme, técnica – de engenharia – em relação à concessionária ViaRondon (e também junto à Artesp, em São Paulo) o resultado final da instalação das marginais terá vários remendos… todos eles na direção do interesse da empresa privada em reduzir (e significativamente) os custos dos investimentos necessários!
Trocaram um viaduto na Cruzeiro do Sul com reduções em instalações e alças, aceitaram eliminar viaduto sobre a Nuno de Assis, engoliram a marginal (sem marginal) na região do Jardim Araruna (onde o acesso adicional vai ficar na própria rodovia)….
E NO VISTA ALEGRE?
E, do lado de lá, no Parque Vista Alegre o “desenho”, traçado original, contém a marginal contínua. Mas a concessionária quer instalar rotatória e alça com a marginal “entrando no bairro”…
É evidente que fica muito, muito mais barato para a concessionária esta opção. E ela, evidente, aceita até uma “nova casinha” para a sede do Parquinho Futebol Clube (e não fazer a marginal contínua, como marginal…). Nem precisa ser engenheiro, como o senhor Fábio Abritta da ViaRondon para ver isso…
O vereador Marcelo Afonso está atento a esta e outras modificações em curso. A Prefeitura precisa ajudar!
RELATÓRIO DO MP
Como era de se esperar,  o primeiro relatório do Ministério Público a respeito das condições de estrutura em escolas municipais trouxe problemas. De meia dúzia de imóveis vistos na fase inicial, em 5 os problemas são muitos. Com exceção de um local, os demais foram para inquérito civil a partir do relatório ab abaixo.
A Comissão de Fiscalização da Câmara foi a dezenas. E em quase todos há reparos ou intervenções estruturais a fazer.
VEJA A LISTA DAS 6
EMEI Glória Cristina Mello de Lima
* Endereço: Rua Agenor Meira, nº 18-81 – Jardim Estoril
* Irregularidades: escola municipal de educação infantil funcionando em condições precárias, apresentando falta de manutenção e risco ao público atendido no local. No relatório de constatação emitido pela coordenadoria de Defesa Civil do município, de 7 de abril de 2022, há a confirmação de que o telhado está praticamente todo comprometido, devendo ser reformado, com troca das telhas, rufos e calhas, além da revisão dos tubos de queda.
* Além disso, há infiltrações no prédio e a rede elétrica e de lógica devem ser substituídas, devendo ser verificada as condições da laje, já que no ano de 2017 o imóvel foi vistoriado, apontando-se a necessidade de reforma e manutenção, não se tendo conhecimento das providências adotadas desde então.
* EMEF Waldomiro Fantini
* Endereço: Rua Cussy Júnior, nº 6-58 – centro
* Irregularidades: danos estruturais importantes no piso e na laje, e vários pontos com infiltrações. A Defesa Civil vistoriou o prédio, elaborando o relatório. Ficou concluído, no levantamento, que o imóvel precisa passar por reforma geral da cobertura, das calhas, das lajes e vigas para conter o processo de corrosão, além de reforma imediata do sistema de para-raios (SPDA).
* EMEII Arlindo Boemer Guedes de Azevedo
* Endereço: Alameda Cartago, Qd. 6 – Parque Santa Edwiges
* Irregularidades: prédio escolar com necessidade de manutenção no telhado e falta de funcionários. Escola transferiu os alunos para outro endereço no início de agosto de 2022 e passou a funcionar no prédio situado na Alameda Júpiter, nº 10-25, no mesmo bairro, antes ocupado por uma creche conveniada.
O local é tido como adequado, atendendo às necessidades educacionais. Além disso, foram ampliadas as vagas de 145 para 190, em período integral e parcial. Este procedimento foi arquivado.
* EMEI Glória dos Santos Improta
* Endereço: Rua José Sbeghen, nº 1-110 – Vila Tecnológica
Irregularidades: Vazamento de água através do telhado, devido a telhas quebradas e falta de manutenção e limpeza das calhas e rufos; tampas de caixas de inspeção acima do nível do solo ou danificadas; não há mangueiras nas caixas de combate a incêndio; falta manutenção no trilho da porta de correr; as tampas do aterramento dos para-raios estão abaixo do nível do piso; vazamento na tubulação de água do banheiro (não citado qual), causando infiltração na prateleira de armazenamento de alimentos da cozinha;
Além disso, o piso antiderrapante, de borracha, está desgastado e faltando pedaços em alguns pontos; a estrutura da cobertura de uma das salas de aula apresenta corrosão causada pela infiltração das águas e chuva; o corredor de acesso às salas de aula sofrem alagamento das águas de chuva oriundas do pátio da escola, devido a deficiência do sistema de escoamento; a porta do abrigo da bomba d´água está parcialmente solta; a quadra de esporte apresenta muito lixo acumulado; alguns pilares que sustentam a cobertura da quadra apresentam pontos de corrosão; a caixa de comando de energia elétrica está sem tampa e com a fiação elétrica exposta, com risco de choque às pessoas.
* EMEF Ner Lydia Alexandrina Nava Cury
* Endereço: Rua Antero Donini, nº 1-125, Centro
Irregularidades: a quadra poliesportiva foi ocupado por populares; prédio escolar com necessidade de manutenção no piso interno, paredes, telhado, portas, etc., e falta de funcionários. Durante o procedimento, foram também apuradas as seguintes irregularidades: as grelhas de escoamento das águas pluviais estão entupidas; vários bancos e brinquedos do parque de diversão estão quebrados e/ou faltando peças; vazamento de água através do telhado, devido a várias telhas quebradas; muitas árvores com as raízes expostas; piso do pátio apresenta desnível e vários pontos com rachaduras e faltas de peças cerâmicas nas laterais; rachaduras em algumas paredes.
* Emef Dirce Boemer Guedes de Azevedo
* Endereço: Rua João Poleti, nº 3-54 – Vila Guedes de Azevedo
* Irregularidades: De acordo com o relatório, falta estrutura adequada do prédio escolar, com destaques para: cozinha, quadra de esportes, parque para os alunos.
* No local, há infiltrações, falta de banheiros e bebedouros, falta de funcionários e necessidade de revisão da rede elétrica. Além da calçada danificada, falta acessibilidade e condições adequadas de atendimento de crianças e adolescentes em prédio escolar.

1 comentário em “N. 377 O jornalismo e o marginal! Os dados do emprego em Bauru; o primeiro relatório do MP sobre escolas com “defeitos””

  1. José Xaides de Sampaio Alves

    A marginais da Rondon, deveria como tofo grande investimento.passar por EIV, com participação e aval da comunidade… Os arranjoscde bastidores não servem à população. Os governantes se demonstram no mínimo inâbeis… abç.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Scroll to Top