COLUNA CANDEEIRO 25092020 NELSON ITABERÁ

N. 86 Prefeitos “garimpam” 17 UTIS para tentar evitar Bauru e região na fase vermelha

Facebook
WhatsApp
LinkedIn

N. 86 PREFEITOS “GARIMPAM” 17 UTIS E PEDEM PARA ESTADO NÃO POR BAURU, LINS, JAÚ, LENÇÓIS E SÃO MANUEL NA FASE VERMELHA HOJE

 

ESTADO DECIDE HOJE

Os prefeitos de Bauru, Lins, Jaú, Lençóis e São Manuel foram a São Paulo nesta quinta para pedir ao governo do Estado não reclassificar esses municípios para a fase vermelha (medida anunciada para esta sexta às 13h00).

Para tentar convencer o Estado, eles “garimparam” 17 leitos adicionais (emergenciais) para reduzir o percentual (deste momento) de ocupação de UTIS  de 100% para 70%. A conta é apertada. Segundo o deputado federal Rodrigo Agostinho, que integrou a comitiva, o secretário de Desenvolvimento Regional, Marco Vinho, acolheu o custeio desses 17 leitos adicionais, por 90 dias. A prefeita Suéllen esteve com o grupo.

Mas o Estado deixou claro que a decisão sobre a reclassificação, desta sexta, é do Comitê Covid.

E O ESTADO?

Na mesma reunião, que durou até por volta das 20h da quinta, o Estado informou que põe mais 10 leitos no HC de Bauru e mais 20 UTIS no HC de Botucatu, a partir de 1 de fevereiro. Esses adicionais não entram na conta dos 17 “emergenciais” negociados ontem.

No HC Bauru, o provável (por limitações operacionais) é que sejam acrescidos 10 leitos de enfermaria, para liberar mais 10 UTIs no HE.

O HE tinha 56 UTIS só pra Covid no pico da doença. Mas o Estado desmobilizou e, desde o pico, conta com lotação praticamente plena com 50 pra Covid.

No Estado. 120 cidades estão com mais de 80% de ocupação de UTI Covid e em 50 destas cidades, as maiores, a ocupação supera a 90%. O quadro é alarmante!

`CALOTE! DA BATISTA

Assim que publicamos a matéria O “CALOTE” DA BATISTA, onde os projetistas que venceram o concurso da revitalização do Calçadão cobram os R$ 50 mil estipulados pelo governo Gazzetta, vieram dados adicionais que a Prefeitura não informou.

Apesar da resposta burocrática da Sedecon (de que está avaliando a situação), já há parecer jurídico (de agora) apontando pela “anulação parcial” do processo. Bom! O governo atual terá de decidir sobre o assunto. Os autores terão direito a receber, ainda que como indenização.

Falha: a culpa pelo prejuízo aos vencedores é da própria Prefeitura. O governo anterior não publicou as notas técnicas (da Comissão Julgadora), mas abriu a votação popular e informou quem foi mais votado!

“JURISPRUDÊNCIA MUNICIPAL”

Este foi o termo enviado, por escrito, pela secretária de Cultura, Tatiana Sa, para justificar o cancelamento do edital de cultura de 2019, que derruba 17 projetos classificados.

Bom! O termo não se “encaixa” no fato. Mas o que, de fato, “pegou” no argumento para o cancelamento? Duas coisas: o edital fixa que os projetos aprovados tinham de ter sido executados no mesmo ano.

O segundo ponto é que a Prefeitura “esticou” o edital (com prorrogação além do que fixa a lei), várias vezes…. nos anos anteriores…

A secretária ainda tá devendo informar onde (e como) serão aplicados os cerca de R$ 900 mil de verba da Cultura, não usados no Carnaval 2021, na pasta?

Por sinal, ela não respondeu a esta mesma questão nem para o vereador Ubiratan Sanches, que fez a pergunta oficialmente na reunião pública da quarta…

EDUCAÇÃO INFANTIL

Técnicos da Educação e da Saúde disseram na reunião desta quinta a vereadores que é CONSENSO SER IMPOSSÍVEL retomar as aulas para alunos do Infantil, em especial de dois anos de idade para baixo.

Os “pequenos” precisam de contato para se locomover, se movimentar. É tão cristalino quanto a lotação UTI Covid. A prefeita liberou inclusive essa faixa etária!

As Secretarias de Saúde e Educação precisam informar como será realizado plantões especiais de fiscalização do cumprimento dos protocolos, em pleno pico de pandemia…

CARGO NO ESTADO

A ex-primeira dama, Lázara Gazzetta, foi acomodada em um cargo de comissão em diretoria regional (DRADS) em Bauru. A Coordenação desta Assistência Social estava sob indicação, também de confiança, da primeira dama de Itaju… (Fátima).

SEM ATO

O novo comando do DAE divulgou na visita às obras da ETE do Distrito Industrial, ainda no primeiro dia útil do ano, praticamente, que a contratação da Assessoria Técnica já estava pronta. Que era só assinar….

Mas o contrato para a ATO, segundo o DAE, ainda demora mais uma semana…

DITADO NA MOSCA

Nós do CONTRAPONTO gostamos do truco, no uso político e de passatempo (opa!)… E o que isso tem a ver com a coluna? Rs! Relaxa! Vamos lá!

Vamos trucar entâo: E sem blefe ein! Vocês devem conhecer uma fala própria do “dialeto caipira”: “Cada enxadada uma minhoca!” (?). Pois é. Estamos mexendo em um trem desses….

Aguardem… Não escapa de janeiro.

… …

VOLTA ÁS AULAS

Conforme revelado pelo CONTRAPONTO, anteontem, a prefeita liberou o retorno gradual das aulas. As redes municipal, estadual e municipal é quem vão escolher a data. Mas as escolas são obrigadas a ofertar aos pais o ensino virtual e presencial, para escolha.

Decisão difícil, que divide opiniões. Veja quadro com as principais regras que preparamos para você:

 

VALE-MERENDA

A Secretaria da Educação prorrogou a validade dos cartões de vale-merenda para os pais ou responsáveis pelos alunos do Sistema Municipal de Ensino (EMEI, EMEII, EMEF, EJA), além das entidades conveniadas.
A prorrogação será por seis meses a partir de fevereiro para os 23 mil alunos já cadastrados. Cada aluno cadastrado tem direito a R$ 55,00 mensais. O investimento total é de R$ 7.590,000,00, com recursos da Secretaria Municipal de Educação.

As famÍlias beneficiadas podem entrar em contato com a administradora do cartão, pelo site www.lecard.com.br ou pela Central de Atendimento nos telefones (27) 2233-2000 e 0800 9411 291. O governo diz que isso estará disponível 24h ou pelo Aplicativo Lecard, compatível com sistemas Android e IOS,

Após o download, inserção do número de cartão e senha individual, o sistema dará acesso a saldo, lançamento de crédito e débito, visualização da rede de estabelecimentos disponíveis e chat com atendimento todos os dias da semana no horário de expediente (8h às 19h).

Inté!

2 comentários em “N. 86 Prefeitos “garimpam” 17 UTIS para tentar evitar Bauru e região na fase vermelha”

  1. Ubiratan Cássio Sanches

    As informações do Contraponto têm me ajudado muito em meu mandato e na atualização junto à população de Bauru. Que Deus nos ajude nesses momentos tão difíceis e de responsabilidade social para que as escolhas sejam as mais acertadas possível.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Rolar para cima