COLUNA CANDEEIRO 25092020 NELSON ITABERÁ

N. 94 Valle quer retomar aterro fechado e Rodrigo se posiciona sobre troca de farpas

Facebook
WhatsApp
LinkedIn

N. 94 VALLE QUER RETOMAR ATERRO FECHADO E RODRIGO SE POSICIONA SOBRE TROCA DE FARPAS 

 

INCONFORMADO

O presidente da Emdurb, Luiz Carlos Valle, está inconformado com o fechamento do antigo aterro  (perto do IPA), cujo manutenção ainda custa ao município. Valle disse ao CONTRAPONTO que está conversando com técnicos porque o que ouviu e viu até agora é de que o aterro tem capacidade técnica e operacional para operar por mais alguns anos. 

CONCESSÃO

Já sobre a área adicional, “colada” ao aterro para licenciamento novo, o presidente da Emdurb posiciona que este projeto demanda discussão com a prefeita Suéllen, já que há estudo pendente (incompleto) com a Caixa para eventual concessão.

O governo ainda não teve tempo de definir qual caminho adotará tanto para a concessão do lixo quanto para a iluminação (esta em litígio judicial, conforme matéria divulgada ontem no site). O engenheiro disse que “não consegue entender como o aterro anterior foi encerrado, mesmo com espaço e capacidade operacional para funcionar mais tempo e é possível licenciar outro do lado?”. Ele disse que vai “mexer nesse lixo até o fim”!.

SEM LICENÇA

Tema ambiental é pano pra manga. Discussão sobre o cumprimento de normas ambientais, em Bauru e no País inteiro, é como contar estrelas… Nenhum dos cemitérios de Bauru (assim como de outras cidades) tem licença. E funciona assim, há anos.

Cemitério é misterioso por si. Mas tem coisa que causa calafrio estrutural. Veja! Os governos, todos, não resolvem antigos problemas sérios nesse setor com registro, controle de ossada e contaminação. Mas se algum prefeito abrir a boca que quer concessão, faz fila (não no cemitério)… mas na frente da prefeitura. Esse negócio deve dar bom dinheiro, oras…

RODRIGO AGOSTINHO

O bastidor traz que integrantes do governo Suéllen querem que o deputado federal Rodrigo Agostinho entre “na rota de colisão” com o governador João Doria. Esquece! Este perfil não é de Rodrigo.

Ao CONTRAPONTO, o deputado disse que atua (e vai seguir na toada) junto à Secretaria Estadual de Saúde para a resolução de oferta de leitos, para Covid e não Covid. “Estou na luta por leitos. Briga não faz sentido e não interessa”, falou.

Para Rodrigo, a solução tem de ser regionalizada. “A discussão é que precisa haver distribuição de leitos e capacidade para realização de cirurgias eletivas e exames de forma regional. Senão isso tudo cai em Bauru, que é a sede. A prioridade é Covid e estou discutindo uma ação de médio prazo daqui pra frente”, disse.

EFEITO LIRA

Sobre a eleição de Arthur Lira para presidir a Câmara daqui pra frente, Agostinho comentou: “Quem ganhou a eleição foi o Centrão e ele vai sugar o que puder do Bolsonaro. Já montaram Comissâo de Orçamento e eles têm muita sede por tudo. O governo terá muita dificuldade com eles com a eleição do Lira”, abordou.

AGENDA 2021

Perguntado sobre a afgenda 2021 da Câmara Federal, Rodrigo disse que tudo ainda está muito incerto. Mas o que se tem é que a regulamentação de lei para vacina é prioridade e está em curso negociação para novo auxílio emergencial, mais curto.

O problema é que, em 2020, havia o “Orçamento de Guerra”, que inibe o rombo fiscal no papel. E este ano não tem esta condição. “Também não se sabe qual o conteúdo das reformas do governo que ficou de enviar o restante da proposta da Tributária e não enviou. A Reforma Administrativa só trata de estabilidade e servidor e ai não dá pra discutir em pedaço”, comenta.

DÍVIDA COHAB

O deputado bauruense prometeu que vai reforçar esforços junto à Caixa para buscar deslanchar o acordo da dívida da Cohab. Cujo andamento processual parece interminável…

110 MILHÕES

Sobre a bolada de R$ 110 milhões (revelada pelo CONTRAPONTO que está em depósito judicial e pode ser liberada para o Município como antecipação de execução na ação do erro do cálculo do Viaduto)…. Agostinho posicionou: “O Jurídico da Prefeitura tem de entrar rápido com isso. No ano passado quem comandava a Advocacia Geral da União era o André Mendonça, de Bauru. Agora está lá outro, mas se o Jurídico não entrar com a ação, não há o que buscar”, opina.

PRESIDENTES

O vereador Coronel Meira assume a presidência da Comissão de Obras da Câmara e Manoel Losilla da Comissão de Justiça. Nesta quarta-feira, às 13 horas, haverão 3 sessões extraordinárias para aprovar o projeto de lei (do parlamento local) que pretende incluir diversas atividades como essenciais.

A medida é vista, politicamente, como uma alternativa para escapar da regra da fase vermelha. Marília tentou o mesmo em 2020 e não deu certo. Mas aquela cidade repetiu a estratégia no último final de semana.

INDENIZAÇÃO

Lembra do esqueleto da escola que o governo Gazzetta demoliu, no final do ano. Naquela obra da unidade no Isaura Pitta Garmes que não saia das paredes, há muito tempo?

O governo municipal ingressou com ação contra a empreiteira que não cumpriu o contrato, mas não divulgou, na oportunidade. Mas o CONTRAPONTO apurou e identificou que, em primeira instância, a indenização aplicada em favor do Município superou a R$ 1,5 milhão.

Ainda não há execução. Mas UFA! A empreiteira Laudemar Engenharia não pode ficar sem ser responsabilizada nessa…

DESAPROPRIAÇÕES

O secretário de Planejamento (Nilson Ghirardello) informou que a Prefeitura vai ficar mesmo com o custo das quatro (pequenas) desapropriações em “pedaços” de terrenos na instalação de acessos para o Viaduto da Cruzeiro do Sul.

A reunião com a ViaRondon já foi realizada. O Município está assumindo o que foi acordado pelo governo anterior, conforme Nilson. A administração está levantando as avaliações das desapropriações para providências. A ação não pode demorar, para não “parar” a instalação do esperado Viaduto.

EROSÃO DA ENY

A Prefeitura divulgou hoje que a erosão na altura do Trevo da Eny está sendo combatida. Um acordo com a concessionária, envolvendo materiais e mão de obra, com participação da Secretaria de Obras, foi firmado para resolver esta pendência.

Já no Parque Vitória Régia, finalmente está sendo realizado o assentamento do piso. A reforma demorou porque, entre outras coisas, não incluíram a troca do sistema de iluminação (subterrâneo)… na licitação… Demorouuuuuuuuuuuu….. isso…. pra sair!

FISCALIZAÇÃO

A obra da ETE Vargem Limpa, executada pela empresa COM Engenharia, já tem responsável pela ATO . O consórcio Beck de Souza Engenharia/Engeplus responde pelo acompanhamento da obra a partir daqui, gerenciamento e fiscalização, além do desenvolvimento de projetos complementares e ajustes na construção, quando necessário.

O consórcio venceu a licitação realizada pelo DAE, no valor de R$ 4,8 milhões. Hoje (terça) teve reunião da prefeita Suéllen Rosim, a presidente do DAE, Flávia Souza, e técnicos da empresa, sobre isso. A ETE está prometida para ser entregue em outubro (uma para dela).

BALANÇO

A Fiscalização da Prefeitura emitiu o balanço de janeiro. Foram, segundo o governo, realizadas 500 fiscalizações, sendo 366 denúncias atendidas, incluindo as fiscalizações de rotina e demandas recebidas pela Ouvidoria Geral do Município no período.

Olha! Mesmo que seja considerado  27 dos 31 dias de janeiro (em função da posse do novo governo e secretários e do pós reveillon) é pouco! Muito pouco para a amplitude da pandemia e o crescimento de casos, no mesmo período.

500 dividido por 27 dias dá 18,5 fiscalizações por dia… Olha o tamanho da cidade, a pulverização e quantidade de estabelecimentos de comércio e serviços (2/3 da atividade local)… ? Sem equipes a sensação dos moradores é de que a turma, na verdade, faz o que pode…

VACINAÇÃO IDOSOS

A Prefeitura anunciou o início da vacinação de idosos em Bauru, a partir do dia 8 de fevereiro, mas com idade a partir de 90 anos. O governo disse que este contingente tem pouco mais de 2.000 pessoas.

O apelo é para que o governo se sensibilize e vacine toda a população idosa em casa, ou através de drive thru. Esta experiência já foi realizada pela pasta na vacinação da gripe em 2020, em plena pandemia. E foi muito bem sucedida, rápida.

Estamos em pico da segunda fase da pandemia. Levar esse contingente até Unidades de Saúde é arriscado. E desnecessário!

….

É isto! até mais…

ah… perfil falso no face não é difícil de localizar… Achei você! Vai rezar!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima