Sede do Sincomércio sofre pichação contra abertura das lojas na Covid

Facebook
WhatsApp
LinkedIn

A sede do Sindicato do Comércio Varejista de Bauru (Sincomércio) amanheceu pichada. As paredes e portas de vidro amanheceram com tinta vermelha e frases contra a abertura das lojas, em razão da Covid.

Um folheto apócrifo (sem identificação do autor) apontava contra a posição do sindicato que tem defendido a abertura dos estabelecimentos com medidas de distanciamento social e higiene durante as fases de contenção comunitária da doença. No folheto, a ação pela abertura das lojas é acusada de ser ato genocida, em razão da pandemia.

A direção do sindicato vai levantar a ocorrência para tomar providências. O Sincomércio registrou boletim de ocorrência. A Associação Comercial de Industrial de Bauru (Acib) emitiu nota repudiando a ocorrência.

Veja no vídeo o registro realizado por integrante do setor:

 

2 comentários em “Sede do Sincomércio sofre pichação contra abertura das lojas na Covid”

  1. Maria José de Oliveira faustini

    Estes atos de vandalismos
    não devem ser aceitos e permitidos .Devemos cobrar das autoridades a vacina já para que todos vacinados possam votar com segurança e a vida normalizar para todos.Este deve ser o desafio dos governantes governador e prefeita

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima