Desvendando a Renda Fixa – Prazos existentes nos investimento

Facebook
WhatsApp
LinkedIn

Um dos principais pontos para escolher o melhor investimento em Renda Fixa é entender como funcionam os prazos. As datas de vencimento são um dos pontos principais, já que em algumas modalidades não é possível sacar o dinheiro a qualquer momento, já em outras existe um prazo mínimo para que seja feita a retirada do capital com lucro consolidado. Pensando em tornar os conteúdos sobre mercado financeiro cada vez mais acessíveis, vamos falar um pouco sobre cada um dos tópicos na sequência.

 

Vencimento

Quando se começa a investir em renda fixa, uma das variáveis que são definidas é o vencimento da aplicação. A maioria delas tem um prazo de validade, ou seja, o contrato fica em vigor até a data definida. Normalmente quanto maior o prazo, maior é a rentabilidade oferecida, já que os riscos aumentam, principalmente para as taxas pré fixadas, pois como foi explicado nos capítulos anteriores, qualquer instabilidade pode afetar diretamente a Selic, a inflação e outros indexadores.

 

Liquidez

A liquidez para os ativos de Renda Fixa, nada mais é que a facilidade com que se é possível transformar seus ativos financeiros em dinheiro líquido, para trazer esse conceito mais perto de nossa realidade, podemos exemplificar como quando possuímos uma casa e desejamos vendê-la, caso não haja compradores, podemos dizer que o ativo, no caso a casa, não possui liquidez. Quando se trata de renda fixa a aplicação do conceito de liquidez é a mesma, existem ocasiões em que não há um mercado secundário, ou seja, ninguém interessado em adquirir o ativo, dificultando sua comercialização.

 

Duration

O último conceito importante para se compreender no texto de hoje é a duration, sendo  talvez o que investidores iniciantes menos tenham familiaridade. Alguns investimentos pagam certa parcela da rentabilidade em certos períodos de tempo, sejam mensais, semestrais ou anuais, os chamados cupons. A duration de um título, nada mais é que o tempo necessário para que o investimento inicial seja pago, somente com a soma desses cupons pagos.

 

Com isso chegamos ao fim do episódio de hoje, semana que vem conversaremos sobre os riscos que envolvem os investimentos em Renda Fixa, finalizando de fato nossa introdução aos principais pilares que devem ser consultados na hora de escolhermos nossos investimentos.

 

Vamos Juntos?

 

Lucas Strutz Haguiara.

Se você perdeu o episódio anterior é só acessar pelo link abaixo:

Para investir melhor em renda variável, nada como contar com especialistas. Entre em contato conosco:

Telefone: (14) 3010–1818

Whatsapp: (14) 3245–4345 ou acesse clicando aqui.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima