Como funciona a regulamentação da Bolsa de Valores?

Facebook
WhatsApp
LinkedIn

No texto de hoje vamos conhecer um pouco mais sobre como funciona a regulamentação da Bolsa, como por exemplo quais são os órgãos e instituições que fiscalizam e gerem todas as atividades que ocorrem por trás de cada operação, tornando ela um ambiente seguro para seus investimentos. 

 

O principal órgão regulador:

 

A CVM, conhecida como comissão de valores mobiliários, tem como seu principal papel a criação das regras que controlam todo o mercado financeiro, ela funciona como a diretoria de uma grande escola, que dita as regras sobre os alunos, professores e funcionários.

 

Apesar de ser vinculada ao ministério da economia, a CVM é uma entidade autárquica, ou seja, tem total autonomia dentro da sua instituição atuando de forma independente. Com isso ela garante um ambiente seguro e de total transparência para os investidores, mitigando os riscos de golpes e aumentando assim a confiabilidade das suas atividades regulamentadas, como por exemplo os títulos de renda fixa e variável.

 

Descobrindo as boas práticas no Mercado

 

A Anbima, ou Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais, representa as instituições financeiras que operam no mercado financeiro e de capitais. Ela define oque são consideradas as boas práticas dentro do mercado, além de oferecer as certificações necessárias para os profissionais atuantes na área.

 

Assim como a CVM, sua função é ajudar na regulação do mercado, por meio da criação de procedimentos que devem ser seguidos por todos os bancos de investimentos e bancos múltiplos com carteira de investimento.

 

A Anbima atua principalmente sob quatro pilares: Informar, Representar, Autorregular e Educar. Destrinchando um pouco mais de cada um:

 

  • Informar: é referente a desde preços e índices das carteiras, até estudos específicos

 

  • Representar: promove o diálogo com o governo e entidades do setor privado, representando assim seus interesses.  

 

  • Autorregular: é baseado em um modelo privado e voluntário, ou seja, o mercado cria regras de autorregulação, visando o melhor cenário para ele próprio.
  • Educar: atua em 3 frentes: capacitação dos profissionais por meio de certificações, qualificação dos mesmos e a disseminação de conteúdo sobre educação financeira. 

 

Quem é o responsável pela moeda Brasileira?

 

O Banco Central do Brasil, também conhecido como Bacen, atua juntamente com as outras entidades apresentadas na regulação do sistema financeiro, mais especificamente sendo responsável pelas tarifas cobradas pelos bancos, operações de câmbio, monetárias, crédito e de circulação de dinheiro. 

 

Sua principal função de acordo com a instituição é “Assegurar a estabilidade do poder de compra da moeda e um sistema financeiro sólido e eficiente”, gerenciando praticamente todos os aspectos que envolvem a moeda, como por exemplo a inflação. No caso, se o Bacen libera mais moeda para circulação, o consumo aumenta por parte de toda a população, gerando assim um aumento nos preços, também conhecido como processo inflacionário.  

 

Levando em conta a função de educar a população, fica a dever do Banco Central divulgar os dados sobre o mercado, cotação do dólar, taxa de juros de bancos e corretoras. Além disso, ele oferece uma diversa gama de serviços, como quais serviços os bancos devem obrigatoriamente oferecer, práticas relacionadas ao dia a dia das pessoas, como correção de valores baseados nas principais taxas de juros, serviços de câmbio e taxas de juros relacionadas ao mercado de crédito.

 

Esses foram os três dos mais importantes órgãos reguladores da Bolsa de Valores. A B3, que possui suas próprias regras, será abordada no próximo episódio da nossa série, criando um panorama geral e mostrando seus principais números e dados referentes ao ano passado!

 

Vamos Juntos?

 

Caso tenha perdido os outros posts

  1. O que é bolsa de valores? Qual a sua história e funções?
  2. Diversificando seus investimentos: já conhece opções fora as ações e renda fixa?

 

Para investir melhor em renda variável, nada como contar com especialistas. Entre em contato conosco:

Telefone: (14) 3010-1818

Whatsapp: (14) 3245-4345 ou acesse clicando aqui.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima