Desvendando a Renda Fixa – A Poupança

Facebook
WhatsApp
LinkedIn

Depois de explicarmos como funciona cada um dos principais pontos e métricas dos investimentos em Renda Fixa, chegou a hora de finalmente adentrarmos nas principais modalidades e estudarmos cada uma delas detalhadamente. Hoje vamos começar com a mais simples e conhecida de todas, a Poupança!

 

Como a poupança funciona

Essa é a modalidade de investimento mais conhecida pelos brasileiros, no ano de 2020, foram R$166,3 bilhões investidos na poupança, sendo esse o maior volume da história desde o início da série histórica em 1995.

Apesar de ser extremamente difundido entre os investidores iniciantes, muitos não sabem exatamente como funciona cada uma das métricas da poupança. Ela é um investimento de renda fixa, que pode ser prefixado ou pós-fixado, dependendo do valor da Selic. Além disso, possui liquidez diária, ou seja, é possível fazer o resgate a qualquer momento, além de ter seus rendimentos isentos de imposto de renda.

 

Qual o rendimento do investimento

Agora vamos entender como funciona a parte mais importante, os rendimentos. Como já foi comentado, a poupança tem seus rendimentos dependentes da Selic. Caso a Taxa Selic esteja acima de 8,5% ao ano, o rendimento da poupança fica em 0,5% ao mês, mais a Taxa Referencial (TR), que está em 0% desde 2017. Se a Selic estiver abaixo, como é o caso atual, os rendimentos ficam em 70% da Selic mais  TR. Como atualmente a Selic está em 4,25%, o rendimento da poupança ficou em 2,98% ao ano, ou 0,24% ao mês. Portanto a poupança depende diretamente da Selic, sendo que quanto menor a taxa menor o retorno esperado, configurando agora um momento não muito atrativo para investidores, já que a taxa alcançou sua mínima histórica por conta da crise do coronavírus. 

 

Como é afetada pela inflação

A poupança assim como qualquer outra modalidade de investimento em Renda Fixa, é diretamente afetada pela inflação, pois nas pré fixadas sempre há a possibilidade de se perder para a inflação atual, precisando sempre ficar atento aos rendimentos de cada uma das modalidades. 

Atualmente o IPCA acumulado para os últimos 12 meses é de 8,06%, a poupança vem perdendo para inflação há um tempo, e como ela continua acima da Selic, investir atualmente na poupança como forma de ampliar seu capital não é a melhor estratégia, já que mesmo obtendo uma rentabilidade positiva, no fim das contas a rentabilidade Real é negativa

 

Apesar de tudo isso, não desanime dos investimentos em Renda Fixa, essa é a primeira das várias modalidades existentes, no próximo capítulo explicaremos mais algumas delas, que ficam cada vez mais atrativas e com rentabilidade real maior.

 

Vamos Juntos?

 

Lucas Strutz Haguiara.

Se você perdeu o episódio anterior é só acessar pelo link abaixo:

Para investir melhor em renda variável, nada como contar com especialistas. Entre em contato conosco:

Telefone: (14) 3010–1818

Whatsapp: (14) 3245–4345 ou acesse clicando aqui.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima