Você sabe como funcionam as Ações?

Facebook
WhatsApp
LinkedIn

 

Desde o início de nossa série, já abordamos diversos assuntos relacionados à Bolsa de Valores, chegou a hora de entrarmos em um dos principais tópicos, o Mercado de Ações! Quando se pensa em Bolsa de Valores, o primeiro pensamento que vem à cabeça são as ações, apesar disso, muitos não conhecem suas principais características, por isso, abordaremos uma algumas delas no texto de hoje.

 

O que de fato são Ações?

Quando se fala em ações, muitos significados vêm à cabeça, porém o conceito é mais simples do que aparenta ser. As ações nada mais são que pequenas frações do capital social de uma empresa, ou seja, ao comprar uma ação você está virando sócio do empreendimento escolhido. 

Nesse processo, o investidor garante direitos como qualquer outro proprietário, como por exemplo direito ao lucro referente à valorização da ação, o direito ao voto em assembleias e o recebimento das distribuições de lucro, conhecidos como dividendos, coisa que muitos investidores esquecem na hora de escolher em qual empresa aportar seu capital. Por conta disso, vamos detalhar esses tópicos ainda mais

 

Como ganhar dinheiro com o mercado de ações

 Ao se adquirir uma parte da empresa existem uma série de formas de recuperar seu investimento, a mais conhecida delas é pela valorização dos ativos adquiridos, por exemplo, se o investidor tivesse comprado ações da Vale no dia 04/05/2020, ele teria pago R$40,51. No fechamento da bolsa de ontem (03/05/2021), essa mesma ação valia R$108,46, ou seja, em exatamente um ano, o investidor teria quase triplicado seu investimento inicial.

Outra forma menos conhecida de angariar recursos é por meio dos dividendos, que em resumo, são proventos pagos pelas empresas como forma de distribuição dos lucros obtidos no período. Para os investidores mais conservadores, a distribuição dos rendimentos é uma das formas mais seguras de se investir, já que se buscam ativos com a volatilidade mais baixa, visando sempre os dividendos mais altos.

 

Como funcionam as operações de Swing Trade e Day Trade?

Recentemente os termos Swing Trade e Day Trade ficaram notórios no meio do mercado financeiro, mas você sabe o que significa cada um deles? Começando pelo básico, quando se fala em swing trade, estamos falando das operações iniciadas em um dia e terminadas em um dia futuro. Nestas operações as estratégias utilizadas são conforme as descritas no tópico anterior, o foco ou é na valorização dos papéis, ou no recebimento de dividendos. 

Já nas famosas operações de Day Trade, a estratégia utilizada é totalmente diferente, as operações consistem em bases de liquidação diárias, ou seja, o investidor compra e vende os ativos no mesmo dia, procurando ativos com altas volatilidades para que se obtenha um lucro maior. Uma das vantagens desse método é a possibilidade de aumentar seu patrimônio em um curto período de tempo, porém exige muita prática e experiência, não sendo recomendada para novos investidores que ficam deslumbrados com a possibilidade de fazer dinheiro de forma rápida e fácil.

Essas são as duas modalidades consideradas pela Receita Federal, para a apuração de impostos sobre o lucro. De modo nenhum estamos indicando que façam alguma delas, cabe ao investidor entender seu perfil e objetivo no mercado.

 

 

Tipos de ações

Dentre as ações existem dois tipos que podem ser adquiridas, as ações Ordinárias nominativas (ON) e as Preferenciais nominativas (PN). Cada uma delas confere vantagens diferentes para o investidor. As ações ordinárias são ações que dão preferência ao direito ao voto, sem deixar de participar dos resultados financeiros da companhia, além disso garante o Tag Along, mecanismo que protege o investidor caso a companhia seja comprada por algum investidor majoritário, permitindo que o acionista minoritário tenha acesso às mesmas condições do controlador..

Já as ações preferenciais apenas participam dos resultados financeiros da empresa, sempre tendo preferência na distribuição dos dividendos e recebendo no mínimo o equivalente distribuído aos acionistas ordinários, além disso também possuem preferência no reembolso de capital caso a empresa seja liquidada judicialmente.

 

Excepcionalmente no texto da próxima quinta feira, vamos fazer uma pausa na série sobre bolsa de valores para falar do novo aumento da Taxa Selic, que ocorrerá amanhã e como ele deve impactar na Bolsa de Valores, com enfoque especial no mercado de ações.

Vamos Juntos?

 

Nenhuma das empresas citadas, ou modalidades de investimento configuram recomendação de qualquer tipo. A Copaíba deixa claro que ganhos do mercado de ações são imprevisíveis, variáveis e nada garantidos

 

Lucas Strutz Haguiara – Copaíba Invest

 

A SÉRIE

Caso tenha perdido os outros posts

  1. O que é bolsa de valores? Qual a sua história e funções?
  2. Diversificando seus investimentos: já conhece opções fora as ações e renda fixa?
  3. Como funciona a regulamentação da Bolsa de Valores?
  4. Revelamos números, dados pra você entender por dentro a Bolsa de Valores

Para investir melhor em renda variável, nada como contar com especialistas. Entre em contato conosco:

Telefone: (14) 3010-1818

Whatsapp: (14) 3245-4345 ou acesse clicando aqui.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima