Fundo de Investimento Imobiliário – Indicadores e Análises – Parte 1

Facebook
WhatsApp
LinkedIn

Olá, queridos leitores! No episódio de hoje falaremos sobre os principais indicadores e análises gerais que devem ser estudados e comparados ao investir em Fundos de Investimento Imobiliários.

Primeiramente, indicadores são dados divulgados que possibilitam avaliar o desempenho de um FII. É importante ressaltar que os indicadores não devem ser analisados individualmente, pois a rentabilidade e qualidade de um fundo depende de inúmeros indicadores.

 

INDICADORES GERAIS:

No caso dos indicadores que devem ser analisados em todos os FIIs, os principais são:

  • Dividend Yield (DY):

O Dividend Yield é muito importante em um FII e indica a taxa anual de dividendos distribuídos pelo fundo para os acionistas.

Pelo fato dos investimentos em FIIs visarem, principalmente,  o recebimento de dividendos, esse é um dos indicadores que mais influencia a escolha dos investidores. No entanto, é importante ressaltar que esse não deve ser o único indicador analisado. Além disso, uma boa prevenção é analisar o DY de outros anos, a fim de verificar se o valor dos dividendos é consistente no fundo.

 

  • Preço por Valor Patrimonial (P/VP):

O Preço por Valor Patrimonial, conhecido como P/VP, é utilizado para analisar se o fundo está “barato” ou “caro”. Existem três situações possíveis para esse indicador:

No caso de P/VP > 1, o fundo está “caro”, ou seja, está sendo negociado no mercado por um valor maior que seu valor patrimonial. Esse caso é comum em fundos de tijolo que visam a valorização do imóvel no futuro. Deve-se tomar cuidado com fundos de papel ou FOFs negociados acima de seu valor patrimonial.

No caso de P/VP = 1, o fundo está sendo negociado pelo seu preço “justo”.

No caso de P/VP < 1, o fundo está “barato”. 

Vale notar, que não se pode utilizar nenhum indicador isoladamente.

 

  • Liquidez:

Analisar a liquidez de um fundo imobiliário é importante para a tomada de decisão no investimento. Para relembrar, liquidez é a facilidade (ou dificuldade) de transformar um ativo em dinheiro.

Dessa forma, fundos com uma alta liquidez são importantes para investidores que necessitam vender suas cotas em um curto período de tempo e também são um grande diferencial em momentos de crise.

 

ANÁLISES GERAIS:

Além dos indicadores, existem dois fatores importantes para serem analisados antes de investir em um fundo imobiliário, que são:

  • Portfólio:

O portfólio é uma das primeiras análises que deve ser feita ao investir em um FII, pois é nele que o investidor vê quais os ativos presentes no fundo e qual a sua estratégia. Assim, é possível comparar diversos fundos e escolher o que mais assemelha-se aos seus objetivos.

É importante buscar fundos com um portfólio diversificado, a fim de reduzir os riscos (explicados no episódio anterior) e maximizar a renda.

 

  • Custos

Por fim, é importante analisar os custos dos fundos, visto que não faz sentido obter renda com os investimentos e gastar uma grande parcela disso em gastos obrigatórios.

Os principais custos de um fundo são: taxas de administração e performance. No entanto, é importante analisar outras taxas e comparar os valores, a fim de minimizar os gastos.

Com isso, finalizamos mais um episódio da nossa série! No próximo, falaremos sobre os principais indicadores e análises específicas em cada segmento de FIIs. Fiquem ligados!

 

Matheus Assunção.

 

Se você perdeu os episódios anteriores é só acessar pelos links abaixo:

 

Para investir melhor em renda variável, nada como contar com especialistas. Entre em contato conosco:

Telefone: (14) 3010–1818

WhatsApp: (14) 3245–4345 ou acesse clicando aqui.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima